Às vezes torna-se difícil..

Quem tem miúdos que já vão a festas de anos de amiguinhos deve ter o mesmo problema. ÀS vezes têm duas festas de anos no mesmo fim de semana que ma sobra tempo para estarmos com eles. As minhas Minis têm andado num corropio. Com uma vida social tão activa que nem os artistas de televisão. Às vezes pergunto-me se não estaremos a exagerar em deixa-las ir a todas as festas de todos os coleguinhas...acabamos por perder tardes com elas e, sobretudo, ficamos com a nossa vida condicionada...

7 comentários

  1. Para não falar nas prendas para todos. O que sempre disse aos meus filhos foi que tinham de fazer opções, que não podiam ir a todos...

    ResponderEliminar
  2. Pois, tudo o que é demais... além de que os amigos, na vida real e no facebook, não se medem às centenas. Poucos mas bons, é o que importa.

    ResponderEliminar
  3. Por aqui eles próprios fazem essa seleção e acabam por escolher ir apenas aos aniversários dos amigos mais próximos. Mas tens razão, as solicitações são muitas e ficamos com muito pouco tempo para estarmos com eles com qualidade.

    ResponderEliminar
  4. Isso realmente é aborrecido! Mas escolher entre amigos também não deve ser fácil...

    ResponderEliminar
  5. Agora é assim. Lool . No meu tempo não era nada disto, lool


    beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Como percebo!!! As minhas já passaram a fase das festinhas das amigas mas os fins-de-semana cada vez são mais caóticos porque, a par das saídas da mais velha, há ensaios de canto, ensaios de dança, apresentações aqui, espetáculos ali, encontros acolá e numa terra onde os transportes públicos são caros, com horários impossíveis e percursos miseráveis, lá ando eu e o meu cara-metade armados em Jarbas, com as duas miúdas para trás e para a frente!

    ResponderEliminar
  7. Como eu entendo! Do meu pequeno ainda não é costume receber muitos convites, mas a mais velha (4 anos) costuma receber a partir desta altura um convite de aniversário de 15 em 15 dias, até Maio!

    ResponderEliminar