Mentirosos!

Não sou apologista do dia de S. Valentim. Nunca fui, senão na primeira vez em que isso pode significar alguma coisa para mim, há 29 anos, em que tive de pedir dinheiro à minha mãe para comprar uma prenda ao então namorado. Depois disso, não me lembro de qualquer entusiasmo.
Seja como for é sempre bom para aproveitar a deixa e ir jantar fora ou comprar o jantar (que é sempre a melhor opção quando não conseguimos ir por volta das 19 horas, porque após é impossível) . Resumindo, não ter de fazer jantar.
De um inquérito que estão a fazer na página da Sapo, cerca de 70% das pessoas responde que não comemora o dia em causa, que é um dia como os outros.
Pois não me acredito que o mar de gente que, mesmo nos anos da mais profunda crise, encontrei em restaurantes e em floristas no dia 14 de Fevereiro seja apenas uma minoria dos casais. Que apenas "meia dúzia" de pessoas respeite a data. Anos houve em que por volta das 20 horas não encontramos lugar nem aqui na cidade nem nas redondezas. Portanto, os leitores da Sapo não votam honestamente e todos querem dar aquele ar de "é um dia como os outros, não ligo a essa pirosice".

11 comentários

  1. Ai estou como tu... Não "m'acredito" nessa sondagem xD
    Cá para mim as pessoas têm vergonha de admitir que comemoram ahah
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  2. Por acaso este ano não vamos celebrar porque fui submetido a uma pequena intervenção cirúrgica ontem.

    ResponderEliminar
  3. Por acaso também não acredito...tenho ideia que há por aí muita gente a comemorar!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  4. Também não acredito... Há tanta gente a comemorar este dia!

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  5. Minha querida; Esse dia deveria ser todos os dias.Acho que não passa de um comercio, onde vão gastar o que depois faz falta
    Vá, mas a mulher merece um jantarinho fora, pelo menos, não tem de estar de roda dos tachos, looool. Não é o meu caso.

    Mas hoje é dia de abstinências, lool Cuidado! :)

    Beijo.
    Feliz São Valentim, para quem é o caso.

    ResponderEliminar
  6. Pessoalmente, acho que todas as desculpas são boas para se celebrar o amor e que estas datas só assumem um caráter comercial se assim o permitirmos. Aquilo que sinto é que as pessoas querem tanto ser do contra que depois caem neste erro de não serem honestas num inquérito. Qual é a necessidade disso? Qual é o mal de assumirem que festejam este dia?

    ResponderEliminar
  7. Para ser sincera desde que entrei neste século que deixei de festejar, apesar de todos os anos fazer um jantar especial com um bolo alusivo ao dia, para o filho festejar com a mulher.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  8. Ahahahha. Vamos lá por partes: Não é um dia como os outros, é bem mais pirosinho. E devia chamar-se Dia dos Amantes. Mais sexy, mais abrangente, mais adulto. Dia dos namorados é coisa para crianças da primária. ;)

    ResponderEliminar
  9. O meu avô faz anos no dia dos namorados. E a minha família gosta de comemorar este dia no próprio dia, ou seja, enquanto eu sou apologista que devíamos fazer um jantar de aniversário mas ao fim de semana, toda a restante família acha que temos é de comemorar os anos do avô no próprio dia. Resultado: tenho de ir jantar fora neste dia, que a meu ver, é dos piores para se ir jantar fora. Este ano, fomos a um restaurante enorme, com 3 pisos, onde estariam sensivelmente cerca de 300 pessoas. Por isso, também não acredito nessa estatística e nessa percentagem tão alta de pessoas que supostamente não comemoram o dia de são Valentim.

    ResponderEliminar
  10. Não é um dia como os outros, nem que seja para os solteiros sentirem-se invejosos xD

    ResponderEliminar
  11. É um dia que me cansa e me enjoa. O meu, este ano, foi passado metade a dormir, metade a trabalhar e, maioritariamente, desencontrada do marido. Aqui é raro assinalarmos a data. É preferível fazer um programa a dois noutro dia qualquer porque esse dia é impossível para fazer seja o que for...

    ResponderEliminar