Entremos!!!

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015
Entremos amigos, entremos...(negrito meu)


Natal, e não Dezembro

Entremos, apressados, friorentos, 
numa gruta, no bojo de um navio, 
num presépio, num prédio, num presídio, 
no prédio que amanhã for demolido... 
Entremos, inseguros, mas entremos. 
Entremos, e depressa, em qualquer sítio, 
porque esta noite chama-se Dezembro, 
porque sofremos, porque temos frio. 

Entremos, dois a dois: somos duzentos, 
duzentos mil, doze milhões de nada. 
Procuremos o rastro de uma casa, 
a cave, a gruta, o sulco de uma nave... 
Entremos, despojados, mas entremos. 
Das mãos dadas talvez o fogo nasça, 
talvez seja Natal e não Dezembro, 
talvez universal a consoada. 


David Mourão-Ferreira, in 'Cancioneiro de Natal' 


9 comentários

  1. Bonito poema. Tb gostei do negrito. : ))

    ResponderEliminar
  2. Muito bonito.
    Um Feliz Natal.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Divino!

    Feliz Natal,extensivo a toda a família
    Beijos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Entremos...pensando em nós sem esquecer os outros, agradecendo o nosso Natal que, sem dúvida, é muito melhor do que o de tantos outros...
    Um abracinho e o desejo de um maravilhoso Natal na tua casa e no teu coração!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  5. Um santo e feliz Natal, que sejas sempre muito feliz!!! Beijinho no <3

    ResponderEliminar
  6. Adorei, lindo :) Um Santo e Feliz Natal para si e para os seus, beijinhos :)

    ResponderEliminar
  7. Agradecido e retribuído com espírito natalício.

    ResponderEliminar