Revolta...

Quando penso no caso de Caxias, quando penso que a situação já estava sinalizada e havia queixa, sinto-me revoltada, muito revoltada com a demora no funcionamento das instituições competentes deste rectângulo que é Portugal
Hoje estou triste.

15 comentários

  1. É... ninguém se importou ao ponto de ir pesquisar...
    Muito triste mesmo.

    ResponderEliminar
  2. Completamente!
    E há tantos casos assim...
    E quando se vai a ver é tarde de mais :(
    nem mais nem menos | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  3. Infelizmente é o pais que temos e que tarda em mudar..

    O Pai,
    http://www.soupai.pt

    ResponderEliminar
  4. Concordo contigo! Nem sei que diga. Este caso é muito sensível.Ela não morreu e agora??

    Um dia feliz
    Beijos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. E tem a certeza que houve mesmo abuso? Falsas acusações são o prato do dia em casos de litígio!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quer tenha havido, quer não tenha havido, há crianças as defender mesmo que seja só com base em indícios. O resto via-se depois. Se já estavam sinalizadas estavam à espera de quê?

      Eliminar
    2. O resto, o quê? Se houve abusos ou não? Eu acho é que as crinanças deviam ter sido defendidas da mãe e não foram! Estava toda a gente ocupada a apoiar a mãe!

      Eliminar
  6. Independente dos contornos da história o caso estava sinalizado é assim havia consciência dos técnicos que duas crianças estavam de alguma forma em perigo. Mas a ajuda demora sempre a chegar nestes casos. Não há nada que me revolte mais do que haver fundos para tudo menos quando é para melhorar os serviços que salvam pessoas.

    ResponderEliminar
  7. É triste, bastante triste, de facto!

    r: Boa questão

    ResponderEliminar
  8. Em contrapartida, há os casos com um desfecho completamente oposto, em que tiram as crianças aos pais, porque umas meninas "pepsiocologas" acabadinhas de sair da faculdade, que não sabem o que é viver por conta própria com um salário mínimo, se acham com o rei na barriga, porque têm um canudo.
    Enfim, estes são assuntos demasiado sérios e não quero dar mais palpites sem conhecer todos os factos. Mas quer-me parecer que é mais um caso de leviandade ou incompetência, de serviços que abrem às 9 e fecham às 17, mas na prática não funcionam.

    ResponderEliminar
  9. Estou contigo! O que o desespero leva as pessoas a fazer...

    ResponderEliminar
  10. Sei que isto é um assunto muito sério para brincar sequer com a situação, mas para além de concordar com o que dizes. Não entendo porque ela tomou essa decisão. Já que estava disposta a uma atitude tão radical, porque não matou o parceiro em vez das crianças? Outra questão que também não entendo.

    ResponderEliminar