Nada muda...

Vem aí um livro com um grande estudo sobre a vida académica portuguesa, onde se conclui que a prática do copianço está instalada, que são mais os rapazes que copiam e que as engenharias é onde mais se copia. Não sei quem é autor de semelhante estudo, mas devo dizer que é uma coisa que já sabia há muito sem qualquer estudo.
Há 25 anos, quando entrei para a faculdade, já era assim.
Eu, acreditem ou não, copiei uma vez na vida, no primeiro ano. Tinha o copianço debaixo da secretária e, sorte das sortes fui apanhada, com ameaça de a minha frequência ser anulada...tremi sempre até saírem as notas com medo da dita anulação...Não foi...e eu, por medo e porque era uma marrona, nunca mais copiei.
Pelos vistos, nada muda...

13 comentários

  1. Também copiei...melhor lembrei através do copianço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahaha! Bela definição sim senhora!
      Uma «auxiliar de memória» portanto...

      Eliminar
  2. Para mim copiar era como ir roubar fruta: tinha a sensação de que estava todo o mundo a olhar para mim.
    Gostei sempre de fazer uma ideia muito aproximada das minhas aptidões. Gosto de saber o que sei e a copiar, o muito que podia saber era o que os outros sabiam.
    Acho que se copiarmos, os primeiros a serem enganados somos nós.

    ResponderEliminar
  3. No meu curso, julgo que 80% das pessoas copiavam. Credo.

    ResponderEliminar
  4. Também nunca fui de copiar ... mas assisti a cada história ... :)

    ResponderEliminar
  5. Os vícios continuam sempre, casa um safa-se! :-)

    Beijo de boa noite

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Devo dizer que tiveste super azar seres apanhada logo na primeira vez.
    kiss na cheek

    ResponderEliminar
  7. Aqui no Brasil se chama "fila" e isso acontece desde que tinha a tenra idade hahaha Nunca vai terminar mesmo, na Faculdade teve algumas disciplinas que "filei" e não me arrependo. Assim vai perpetuar , com certeza .

    Bjokas,
    Blog: DMulheres
    Instagram : @dmulheres

    ResponderEliminar
  8. Nunca copiei.
    Não sei ser sou honesto ou parvo.
    Mas NUNCA copiei

    ResponderEliminar
  9. Eu copiei uma vez ou outra mas não era daquelas que deixava de estudar e me safava só copiando. Era só para SOS ahahah

    ResponderEliminar
  10. Acho que praticamente toda a gente copiou uma ou outra vez na sua vida de estudante, seja por cábulas seja pelo colega do lado.
    Eu fi-lo em situações pontuais, apenas. Não se pode dizer que foi por isso que consegui terminar o curso.
    É algo que sempre existiu, penso que em todo o mundo, e muito certamente, sempre irá existir. De facto, não era preciso grande estudo para o saber! :D

    ResponderEliminar
  11. É eu também não acho que seja necessário estudo, basta lá ter andado para saber. Também não era grande adepta mas vi alunos que eram agarrados, viciados, que colocavam tanto esforço em conseguir os anunciados (testes) com antecedência para os trazerem feitos de casa e só terem de trocar a folha sem a professora perceber. Muitos iam passando assim.

    ResponderEliminar
  12. Admito que houve alturas em que copiei. Não havia outra hipótese! Aquilo era com cada coisa para decorar...coisas que agora já nem fazem sentido!!

    ResponderEliminar