Boa interrogação...

terça-feira, 5 de julho de 2016
Pela primeira vez na vida, fui levada a concordar com uma expressão do Quintino Aires no programa da TVI. Estava eu almoçando no tasco do costume quando o oiço, a propósito das coisas que se dizem do Cristiano Ronaldo e da sua família, o senhor em questão dizer que uma das suas maiores interrogações é relativa ao facto de como pode haver tantos invejosos num país tão bonito e cheio de luz como o nosso.
De facto concordo com ele, com esta interrogação, não só em relação ao CR7 mas em relação a tantos outros assuntos. E, de facto é para pensar, porque é que Luís Vaz de Camões, terminou os famosos "Lusíadas" com a palavra inveja...ele lá teria os seus motivos, já na altura!

11 comentários

  1. O mal de muitas pessoas é nunca estarem bem com nada, por isso têm que criticar tudo! Ainda hoje estava a falar com as minhas amigas sobre o CR7. Não morro de amores por ele, mas a verdade é uma: ele é preso por ter cão e preso por não ter, porque por muito bem que faça caem-lhe sempre em cima

    ResponderEliminar
  2. Só apanhei exactamente essa pequena parte da conversa sobre os invejosos (nem vi que vinha do seguimento do ronaldo) e fiquei a pensar no assunto, porque a inveja é uma palavra muito usada no nosso país, e acho que é algo já intuitivo, algo que já nem se pensa sobre e isso tem tanto de curioso como de assustador

    ResponderEliminar
  3. Concordo completamente! É uma pena que assim seja.

    ResponderEliminar
  4. esse Quintino Aires é um tonto mas nisso tem razão

    ResponderEliminar
  5. Faz parte da alma lusitana, desejar sempre o que é do outro, uma lástima.

    ResponderEliminar
  6. Há coisas que esse Sr diz que me deixam de boca aberta, mas nisto também tenho que concordar com ele... :)

    ResponderEliminar
  7. Olha realmente é uma grande verdade. Eu não consigo sentir inveja. Juro mesmo que não. É uma coisa tão feia =S

    Beijocas

    ResponderEliminar
  8. Só estamos bem a cobiçar a galinha alheia!!

    ResponderEliminar
  9. Inveja talvez não seja. Eu não gosto dele nem da irmã Kátia, por 3 ou 4 motivos.
    A ele acho-o arrogante, nada humilde e muito ambicioso. Depois, porque ( comprou) uma criança, quando há tantas para adotar, inclusive, na terra dele. A irmã, veio a semana passada dizer, que não vive às custas dele, às minhas é que não vive. O dinheiro que dizem que ele tem, não sei, mas até acredito, que o ganhou? certo, e ganhou-o a trabalhar, mas não o invejo por isso, nunca jogo no euro milhões, porque acho que nunca mais tinha sossego se ganhasse. Penso ser o que se passa com quem tem muito dinheiro, nem vivem a vida e isso não invejo, de todo.
    Beijinho Maria

    ResponderEliminar
  10. O que para aí há mais é invejosos. E o que por vezes me questiono é...mas inveja de quê??
    Eu por mim falo...que sinto olhares invejosos sobre mim! Farto-me de trabalhar, sempre vivi uma vida cheia de dificuldades...mas mesmo assim há quem me inveje! Não entendo e até tenho um certo receio desses sentimentos.

    ResponderEliminar