domingo, 17 de julho de 2016

Mete-me confusão!!!

Ando há uns meses a ouvir quase todos os encarregados de educação com filhos mais velhos que a minha que tem dez anos, a dizer que, quando vão para o 5º ano é muito útil terem um telemóvel, porque às vezes não têm uma aula ou outra e, assim, podemos controlar melhor. Pois confesso-vos, que, apesar de a minha ir para o 5º ano e de reconhecer alguma utilidade, me tem custado imenso a ideia de lhe passar um telemóvel para as mãos de forma a que eu não consiga controlar a forma como o utiliza. Duas coisas são certas: vai ter internet bloqueada e vai ser um cartão pré pago!

11 comentários:

  1. Confesso que também me faz confusão, talvez porque só tive o meu primeiro telemóvel no 7º ano. Durante o 5º e 6º ano, sempre que precisei de ligar para a minha mãe fazia-o de uma cabine ou pedia a uma contínua para o fazer. Mas isso já foi há alguns anos...

    ResponderEliminar
  2. Já não me recordo quando tive o meu primeiro telemóvel, mas sei que na altura também não lhe dava grande uso.
    Reconheço a utilidade de os pais darem um telemóvel aos filhos nessas circunstâncias, mas, por outro lado, é sempre aquela questão de serem muito novos e já os estarmos a encaminhar para o uso destas tecnologias

    ResponderEliminar
  3. Dou-te toda a razão. Podes sempre controlar de outra forma.

    Minha querida amiga, um beijinho grande ti, e para as meninas.

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Ó Maria eu tive o meu primeiro tlm com 25 anos e também estudei. Deixa a criança brincar e se tiver um "furo" diz na escola para ela poder ligar.
    Bom início de semana ☺

    ResponderEliminar
  5. Os meus sobrinhos só quando Passaram para o 7o ano. Claro que andavam desejosos, mas aguentaram-se!

    ResponderEliminar
  6. E tenho 20 anos e tive o meu primeiro telemóvel ainda na primária. Mas como na altura servia apenas para enviar mensagens e telefonar, não havia perigo nenhum. E sim, era útil.
    Podes sempre optar por dar-lhe um que não tenha acesso à internet.
    kiss na cheek

    ResponderEliminar
  7. Eu acho muito cedo, mas cada pai é que sabe!

    ResponderEliminar
  8. O meu filho teve a partir do 5.º ano e não me arrependo. Sempre o soube usar como deve de ser. Para mim foi muito importante, talvez mais do que para ele, pois ligava-me sempre quando terminava as aulas a dizer que estava tudo bem. Se as coisas forem doseadas e equilibradas, podem acontecer naturalmente.

    ResponderEliminar
  9. Lá está, é um mal necessário.
    Mas é como dizes, tudo com limites.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  10. Confesso que tive o meu primeiro telemóvel no 6ºano prai, mas naquela altura so servia mesmo pa mandar mensagens, fazer chamadas e jogar. Muita coisa mudou desde então...

    ResponderEliminar
  11. Não acho mal, mas concordo contigo quando dizes que tem que haver restrições :)

    ResponderEliminar