A blogosfera...

Há anos, ainda eu não era mãe, entrei no mundo da blogosfera. Na altura, apenas como leitora. Gostava muito de ter um blogue e de escrever, mas, atendendo à área criminal em que trabalhava, tinha pavor de me expor. 
Depois, fui mãe e os meus medos passaram a ser outros e a necessidade de partilha cada vez maior. Criei um blogue. Há pessoas que acompanho desde então. Outras deixaram de ter blogue mas, curiosamente, conheci-as pessoalmente. Uma das gravidezes que acompanhei, estando eu também grávida, teve como fruto uma menina que acabou por se cruzar com a minha Mini mais velha e de quem hoje ela é amiga.
Outras pessoas conheci, que muito me enriqueceram, com quem aprendi imenso, mas que por mal entendidos e outras coisas acabei por me afastar sem que, contudo, as tenha tirado do meu pensamento e do meu coração.
Entretanto conheci outros blogues interessantes. Tenho a confessar que não há rede social nenhuma que me tire o vício de ler blogues e de escrever. De acompanhar amores e desamores, doenças e gravidezes, casamentos e baptizados. Deixei de acompanhar blogues de pessoas que vivem num estado de felicidade permanente e que têm vidas de sonho. Não porque tenha qualquer tipo de inveja, mas porque a minha realidade interna é outra e preciso muitas vezes de sentir que não sou única no mundo a problematizar e questionar.
A blogosfera faz parte da minha vida e muitos dos bloggers também. Aqueles a quem sigo fervorosamente,. quando estão muito tempo sem dar notícias sinto falta...e sinto falta quando, por falta de tempo, não consigo visitar os cantinhos.
Sou assim, uma blogoólica!!!


31 comentários

  1. Eu também! Já lá vão quase 7 anos e o blog é a rede social onde me sinto mais eu.Só tenho pena de perder o rasto a algumas pessoas. Beijo

    ResponderEliminar
  2. É um ambiente muito próprio! E o facto de se criarem laços é incrível

    ResponderEliminar
  3. É muito bom poder partilhar através do blogue. Visitar e receber visitas, só é pena o tempo ser tão pouco, para tanto que havia a fazer, a dizer, a visitar. Ás vezes os dias deviam ter o dobro do tempo :D

    Beijinho <3
    https://demantanosofa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Uma "doença" de que, uma vez apanhada, dificilmente nos libertamos ! :)
    Amizades que ficam para uma vida !
    Quanta diferença relativamente a outras redes sociais ! ...

    Beijo

    ResponderEliminar
  5. Comecei andar por cá desde que abri o meu blogue. Vai fazer 4 anos em Maio. E, "infelizmente" tenho tempo para seguir os que me seguem. Claro que se entende quando as pessoas não nos visitam. Cada uma tem a sua vida profissional e os blogues não são prioridade. Claro que existem blogues com conteúdos muito mais importante que o meu. Por isso gosto de seguir blogues em contextos bem diferentes. Vidas de sonho não existem...
    Adoro este teu cantinho. Gosto da forma como escreves. Gosto de ti. :-)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu estive no seu blogue pelo menos quatro vezes em forma de visita e não tive resposta da sua parte. visito quem me visita, sinto como que uma obrigação chegar até quem chegou até mim. Infelizmente nem sempre acontece. há os que gostam de receber visitas mas não saem da sua zona para retribuir. A blogosfera funciona como um círculo de amigos que se visitam uns aos outros. Mas há os que não visitam e, quando isso acontece deixo d vIsitar.
      Kis :=}

      Eliminar
    2. AvoGi, não me leve a mal, mas não devia ser uma obrigação visitar quem nos visita. Acho que devemos seguir quem gostamos de ler e não fazê-lo só por obrigação. Imagine que alguém vai ao seu blog e gosta e quer seguir. Não é muito justo esperar que a AvoGi devolva e continue a visitar se o blog em questão não lhe suscitar interesse :)

      Eu confesso que visito toda a gente que me comenta, por curiosidade. Mas só fico seguidora se o conteúdo do blog me interessar.

      Eliminar
    3. Cynthia eu penso igual. Visito tantos blogues que sei que não se identificariam com o meu e vice versa acontece. Que venha e fique apenas quem o faz por gosto. Nada de obrigações.

      Eliminar
    4. Em jeito de esclarecinento: eu visito. Pode o blogue não se identificar comigo mas certamente identifica-se com a pessoa que escreveu. Eu entendo um blogue como um círculo de amigos que sendo todos diferentes, cada um com a sua identidade mas todos juntos a falar de coisas suas. Visito muitos blogues e deixo semore minha marca pois visitar sem dizer nada é entrar mudo e sair calado. Devolvo sempre as visitas.
      Num círculo de amigos falamos de vários temas, ouvimos a sua expressão a sua identidade. Na blogosfera lemos.
      Então quem escreve poesia só visita blogs de poesia? Quem dá dicas de vestuário só visita blogues similares?
      Eu não percebo nada de poesia, nas se algum poeta me visita visiti-o.
      Não entendo como obrigação, quiçá exprimi-me mal. Entendo como respeito por quem visita devoler a visita. A blogolandia funciona com visitas e retribuições de visitas.
      Se chegaram até mim eu vou até essa pessoa. É falta de educação falar e não obter resposta
      Kis :=}

      Eliminar
    5. Acho que pegaram na palavra "obrigação" e toca a desenvolver sobre este tema. A "obrigação" é minha. Não "obrigo" ninguém a ficar. Eu visito quem me visita, "obrigatoriamente" não peço que me visitem porque eu ter visitado, "obrigatoriamente".
      Eu faço porque entendo que visitar e não retribuir a visita é como estar num grupo de amigos que não se visitam mutuamente.
      Espero ter esclarecido este assunto.
      Afinal eu nasci para ensinar o caminho da luz.
      Kis :=}

      Eliminar
  6. Gosto de escrever e escrevo. Gosto de muitas outras coisas e compartilho. Sou ciosa da minha privacidade e tenho limites que nao ultrapasso. Gosto muito de alguns blogs que de algum modo me enriquecem. Gosto desta disciplina que me leva a escrever. Enquanto for bom, continuo.

    ResponderEliminar
  7. A blogosfera é, efectivamente, um mundo. Com coisas boas, com coisas menos boas, mas um mundo. Fazes aqui uma bonita ode ao mundo dos blogs e acho que todos aqueles que aqui vêm sentem que tu fazes falta por cá ;)

    ResponderEliminar
  8. Já houve fases da minha vida em que vinha ao meu blogue uma vez por semana (bem, agora a coisa não é muito mais frequente mas pronto...) mas nunca consegui dizer que "não" ao blogue. Acaba-lo seria algo que me deixaria com muita pena e para tomar essa decisão algo de grave teria de se ter passado. Sim, eu também gosto muito deste mundo aqui. Mas tal como tu, há blogues que deixei de seguir. Sobretudo aqueles a que eu chamo de "mães perfeitas". Falta-me paciência para ler aquilo. Prefiro blogues de gente real como eu, de gente imperfeita que vive bem com a sua imperfeição.

    ResponderEliminar
  9. Tb prefiro os blogues a outros espaços de partilha! Há algo de mais pessoal que me agrada!

    ResponderEliminar
  10. Eu também prefiro o blog que as redes sociais, admiro muitas blogers, principalmente as que me fazem rir, mas também aconpanho blogs de pessoas que estão doentes, e lá escrevem sobre isso, outras que é mesmo só humor, blogs de gente que diz ser feliz e estar sempre bem, também dispenso.
    Gostei do post :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  11. O blog é a minha rede social favorita, tenho quase uma década de um desconhecido e 9deste. Conheci algumas pessoas fantásticas. Sem dúvida, adoro
    😘

    ResponderEliminar
  12. Aqui, mais uma blogoólica! :)
    Entrei no mundo da blogosfera em 2009 com um outro blog a que se seguiram mais dois e que mantinha ao mesmo tempo (ainda não consegui apagá-los, porque se me parte o coração sempre que penso em fazê-lo). Entretanto, achei que fazia mais sentido ter um único blog e com uma cara diferente, o que aconteceu em 2014 ao criar o "maga rosa". Confesso que noto uma grande diferença entre a época em que escrevia no 1º e agora e tenho saudades do clima de então. O facebook veio retirar muito protagonismo aos blogues e não é só no meu que noto isso...A maioria dos usuários das redes sociais quer algo de imediato e não perdem muito tempo a ler, o que é pena. Eu, tal como quem comentou antes de mim, faço parte dos resistentes e continuo a escrever e a viajar por essa blogosfera fora sempre que posso...
    Gostei do clima que encontrei aqui neste cantinho e vou voltar mais vezes! :)

    Beijos nos vossos corações <3

    ResponderEliminar
  13. Sinto da mesma maneira. Comecei o meu primeiro blog em 2006 e na altura era coisa banais como musica, cinema e afins (as coisas que na altura gostava mais que tudo) já tentei deixar inicialmente porque não sabia lidar bem com pessoas que liam e me conheciam pessoalmente, mas... voltei sempre.
    Depois de ser mãe comecei a lidar com as coisas de maneira diferente. para mim é um pequeno diário. Quantas vezes venho ao meu blog ver acontecimentos passados do meu filho. E tb um meio de partilha de experiências. Devorei blogs de mamas a recomendar x produto ou y método e experimentei varios que gostei e aprendi na blogosfera. Por isso partilho tb as minhas experiências. E 11 anos depois aqui vou andando. Posso não escrever muito, mas leio bastante :)

    ResponderEliminar
  14. É um mundo maravilhoso e enorme.
    kiss na cheek

    ResponderEliminar
  15. Quando aqui comentei ontem não foi para que me voltes a seguir nem a ler...nao me percebeste...foi só para que sintas que há alguém que te conhece bem e que te le portanto sabe de tudo o que falas
    Que bom que tu és assim..Continua assim...nessa tua felicidade que eu continuo na minha😀

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não te sigo nem te leio há séculos. Não digo mentira nenhuma. Não tenho problema nenhum em que leias ou comentes o que quer que seja. Diz o que quiseres...alivia a alma!

      Eliminar
  16. Aquele comentário que colocaste no meu Facebook em que menosprezas a minha vidinha foi estúpido. E porque que eu havia de precisar de ti? Eu só te quis mesmo mostrar que sei que tu não és como dizes ser nós blogues que crias.
    E que fiquei muito magoada com as histórias que criaste e teres ido falar com a Paula guerra. Só não te disse antes para não me chatear. Mas eu estou com uma depressao em casa e a médica disse para eu fechar todos os meus ciclos pendentes. E tu foste um deles. Não precisas de me visitar nem oferecer ajuda que continuo sem perceber porque estas sempre a fazer lo não me deste nada que eu não te tenha dado a ti e as tuas meninas. Não deves dizer isso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha, eu sou responsável pelo que escrevo, não por aquilo que tu interpretas. Seja como for fecha os ciclos que tu quiseres e abre todos os que entenderes.

      Eliminar
    2. Marina estou um pouco chocada com estas tuas palavras pois nao conhecia esta tua faceta e, muito menos entendo porque colocas aqui o meu nome sobre assuntos que deconheço. Nao gosto nada de confusoes e muito menos que as criem para mim, para isso basta a minha vida que de facil nao tem nada... mas disso so a mim diz respeito. E è TAO FEIO lavar roupa noa internet.... meu Deus mesmo feio.
      Raquel, Nao faço mesmo ideia do que fala a Marina e uma coisa è certa: escreve e nunca deixes de escrever - GOSTO MUITO DE TI <3

      Eliminar
    3. Paula acho que já te expliquei o porquê do teu nome porque foste tu que viste interceder num assunto que não sabias o que se passava. Mas obrigada por teres escrito este comentário. Não lavei roupa suja detesto essa expressão. Mas neste momento era só aqui que o podia fazer. Mas Paula não fazes mesmo ideia a blogosfera e muito boa mas põe ser muito ma. Não esperava está tua atitude. Desculpa jamais te incomodarei mais....

      Eliminar
  17. Que nunca te sintas assim...que tenhas e mantenhas muitos amigos até os de infância. Saber preservar amigos e muito importante, e tu não soubeste preservar a nossa amizade que sem dúvidas seria talvez a mais sincera que terias. Custou me imenso. Mas estou a seguir em frente, quem me dera ser como tu por ao lado aquilo que não me interessa a cada momento, deitar fora, arranjar outra, substituir...na, eu não sou assim. Eu sou a Marina Maia, não sou nenhum Maria do mundo, ou a guerreira ou outra qualquer. Esclarecida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lamento minha cara Marina, mas a blogosfera não serve para eu lavar roupa suja. Quando tenho algum problema com alguém digo olhos nos olhos. Estou esclarecida acerca dos teus sentimentos e não vou ripostar a nada.

      Eliminar
  18. Eu só tenho o blog e tenho o cuidado de retribuir as visitas ... Sempre!
    Se houver tempo ... visito os blogs que gosto e que tenho adicionado!
    Também já conheci algumas pessoas com quem me cruzo neste "mundo"!
    Bj

    ResponderEliminar
  19. Eu sou fã de blogs! Não consigo trocar por nenhuma rede social. Talvez porque é mais pessoal... Tenho desde 2009, já trouxe amizades blogueiras para a vida real e estou muito feliz por isso :-)

    ResponderEliminar
  20. Já tenho o blog há quase 7 anos e passo por fases. Já tive momentos em que desapareci semanas, meses. Passo dias sem publicar, sem visitar os blogs que gosto de ler. Depois volto, chego a publicar todos os dias, ou quase. E visito os blogs que sigo para comentar tudo o que ficou para trás. Vivo sem ele com facilidade, mas gosto de por cá andar :)

    ResponderEliminar
  21. Eu penso que também devo estar no rol daqueles que deixaste de visitar.
    Kis :=}

    ResponderEliminar