Porque é importante!

20 de outubro de 2021

Dia 20 de Outubro.
Dia Mundial de Combate ao Bullying.

Porque o Bullying não é uma brincadeira...

Porque o Bullying deixa marcas profundas em quem é vítima e mostra que quem o pratica precisa de ajuda, vamos lá, de uma vez por todas, deixar de achar que são coisas de miúdos! 

Há ansiedades, medos ou paranóias que se podem carregar a vida toda por causa destas "brincadeiras de miúdos"! Por isso, paremos de desvalorizar e fiquemos atentos a uns e outros!




Read More

Onde chegamos...

15 de outubro de 2021

 Não gosto, nunca gostei e nunca gostarei (penso eu) de touradas.

Sou uma mulher nascida e criada no interior norte onde a tauromaquia não tem qualquer expressão.

Nem os 20 anos que levo a viver numa terra de aficionados me fez gostar de qualquer actividade que envolva touros.

As minhas filhas, emboram tenham vivido nesta terra desde o nascimento, também não apreciam.

No entanto, se não sou fanática e não gosto da festa brava, também não sou anti as pessoas que gostam da mesma. Respeito. Acho até graça ao colorido das suas e dos trajes, à vaidade que neles põem as gentes ribatejanas. Não meço a humanidade das pessoas pela relação que têm com a tauromaquia.

Respeito cada um e a terra onde vivo.

Parece-me estranha a decisão de proibir a entrada em touradas a menores de 16 anos. Sinto-a mais como um ceder a pressões dos grupos extremistas que vão para o Campo Pequeno apelidar os aficionados de "assassinos" numa atitude de absoluta agressividade e esta cedência terá, certamente, um preço. A ver vamos.

Começa a preocupar-me esta cada vez maior cedência aos grupos extremistas, ao politicamente correcto, em que, na defesa da tolerância de da inclusão, se cai na intolerância e no despotismo.

É que todos os exageros são perigosos, podendo levar ao resultado oposto.

Read More

Pessoas da minha vida...

5 de outubro de 2021

 Hoje é o dia mundial do professor...

As profissões ligadas ao ensino são profissões que valorizo imenso.

Entre as pessoas que marcaram definitivamente a minha forma de estar e ver o mundo estão alguns dos meus docentes.

Não admiraria a literatura portuguesa e não seria amante de poesia, não fosse a minha professora de português do 10º e 11º ano.

Não teria esta mania de pensar por mim, não fora o meu professor de filosofia do 10º ao 12º ano.

E há tantos outros que me marcaram e de quem sei, ainda, mais de 30 anos volvidos, o nome completo. Ainda hoje procuro alguns deles nas redes sociais, só para lhes fazer saber que me transformaram.

Aos meus e a todos os professores, o meu muito obrigada.

Read More

Das minhas novas preocupações...

25 de setembro de 2021

 Sou mãe de duas adolescentes. Uma com 15 e outra com 13 anos.

Absolutamente diferentes, fisica e psicologicamente.

No entanto, ambas me põem constantemente à prova e me fazem questionar sobre imensas coisas que tinha como certas (porque, às tantas, nunca me tinha dado ao trabalho de as questionar). Não tenho medo de mudar de perspectiva.

E ambas me fazem temer por aquilo que vem aí, se é que já não estamos lá!

O que eu noto na geração delas é uma grande intolerância em nome da tolerância e da bandeira da aceitação da diferença.

Tudo o que se diga ou faça é, para esta geração, algo que pode trazer em si um conteúdo racista, xenófobo ou homofóbico.

Aqui há dias fui, pela mais nova, chamada à atenção pela utilização da palavra "denegrir". Claro que tivemos uma conversa séria de português e humanidade e penso que ela ficou esclarecida.

Apesar disso, não deixo de viver inquieta por esta radicalização e intolerância.

Nunca me tive como intolerante e as vivências ao longo da vida fizeram-me admirar sempre quem, fundadamente, pensa de forma diferente e age em coerência. 

Não posso, contudo, tolerar esta tirania.



Read More