Coisas...

14 de outubro de 2022

Vivemos uma vida inteira a comentar que fulano ou beltrano nos desiludiu...
Na verdade, a culpa de vivermos a saltar de desilusão em desiluão é nossa. É que criamos sempre expectativas em relação a quem se cruza connosco.
Aos quase 50 anos, posso dizer que não me sinto desiludida com ninguém. Também não me preocupa, salvo raríssimas excepções, se desiludo outras pessoas.
Na verdade, nem eu nem os outros podemos viver à espera da satisfação das expectativas mútuas.
Cada um vive como quer e é o que é!
Só assim faz sentido.
 

 

5 comentários

  1. Concordo plenamente contigo, mas, por vezes é mais forte que "nós"!
    -
    A natureza é sabia, mas por vezes dura...
    .
    Beijos minha querida 🌹
    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  2. Nem mais, quando nos sentimos magoadas, damos importância a quem nos magoa, a pessoa , na verdade, está a fazer mal a ela própria, está a ser menos boa e a alimentar isso. Cabe-nos ter a consciência tranquila e seguir. Beijinho

    ResponderEliminar