Já cá faltava...

Já cá faltava o Fernando Pessoa. Gosto muito, mas não é o meu preferido, o preferido é o Eugénio de Andrade. No entanto, sabe sempre bem uma poesia para começar o dia...esta lembra-me os meus tempos de juventude. Foi nessa altura que comecei a adorar este poema.

Não Digas Nada!

Não digas nada! 
Nem mesmo a verdade 
Há tanta suavidade em nada se dizer 
E tudo se entender — 
Tudo metade 
De sentir e de ver... 
Não digas nada 
Deixa esquecer 

Talvez que amanhã 
Em outra paisagem 
Digas que foi vã 
Toda essa viagem 
Até onde quis 
Ser quem me agrada... 
Mas ali fui feliz 
Não digas nada. 

Fernando Pessoa, in "Cancioneiro" 



6 comentários

  1. Às vezes sem dizer nada, dizemos tudo.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. E um silêncio pode dizer tanta coisa!...
    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. Bom dia, Maria
    Poema lindo que não conhecia..Mas Amei. Obrigada por o trazeres.

    Beijo e um dia feliz

    ResponderEliminar
  4. Há silêncios que falam mais alto do que todas as palavras.

    ResponderEliminar
  5. Pessoa tem um lugar especial no meu coração!

    ResponderEliminar