Peripécias...

Agora quando fui buscar as meninas à escola, como boa portuguesa, quis estacionar a carrinha num lugarzinho que havia mesmo à porta da dita. Aquilo era como meter o Rossio na Betesga, mas para quê ir para mais longe, se tinha ali um sítio mesmo ao pé? Vai de insistir e vai de bater no carro de trás no meio das duzentas manobras que tive de fazer.
Felizmente, não ficou nenhum dos carros com riscos, mas o que me irritou mesmo foi a cara de riso e gozo, a  atenção com que um avô aí de 60 anos (que devia também estar à espera de uma criança) seguiu as minhas manobras e o meu toque no carro de trás. Em vez de me ajudar...ficou a ver o panorama.

14 comentários

  1. Ahahahahahahah. Bem feita. Andar a pé faz muito bem. xD

    ResponderEliminar
  2. Típico :P as pessoas adoram ver as desgraças alheias...

    ResponderEliminar
  3. Nunca ouviu dizer que andar a pé faz bem?
    Um abraço

    ResponderEliminar
  4. Xiii.. Imagino o que te passou pela cabeça..
    loooool

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. E não ter feito queixa, ou o carro não ser dele foi uma sorte! LOL

    ResponderEliminar
  6. Há pessoas que são mesmo assim, só sabem rir-se do mal dos outros...

    ResponderEliminar
  7. lol 😁 também já me aconteceu nas aí eu quando saí disse: tá bem estacionado? E fui à minha vida.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Estava a ver se eras boa a estacionar :p

    ResponderEliminar
  9. ahahah olha que eu te fazia o mesmo!!!

    ResponderEliminar