Calar...

Calar...costuma dizer-se que, quem cala, consente. No entanto, eu, falando por mim e pela experiência que tenho tido nos últimos tempos, posso dizer que esta expressão não é totalmente verdadeira. Por vezes, calar é a atitude mais inteligente quando se está perante uma pessoa conflituosa e agressiva nas palavras. Não gasto energia com assuntos e pessoas que não valem a pena.
Ponho a minha cara número 23 e faço as coisas conforme me aprouver.


22 comentários

  1. Concordo contigo,Às vezes mais vale mesmo calar.

    ResponderEliminar
  2. Foi algo que também me apercebi. Houve uma vez que, quando ja estava farta que me pisassem, eu respondi forte e feio. Podia ter corrido melhor para o meu lado, podia, mas o problema é que estava a responder a pessoas que sao impulsivas e se alguem lhes disser algo ainda é pior, são pessoas que gostam de ter razao em tudo e batem mal se alguém lhes contrariar. Logo correu mal para o meu lado e quem saiu a chorar fui eu.
    Aprendi com isso, mas também sei que muitas vezes prejudico-me por não responder (em termos de defesa).

    ResponderEliminar
  3. A ignorância é a arma mais forte para quem nos tenta agredir verbalmente, isso faz a outra pessoa aperceber-se que somos mais fortes e chega uma altura em que se cala também, cala-se sem serem ouvidos.

    ResponderEliminar
  4. É verdade. O silêncio, muitas vezes pode ser a melhor resposta!

    ResponderEliminar
  5. Sim, há gente com quem nem deves perder tempo.

    ResponderEliminar
  6. Concordo plenamente e também adopto essa postura várias vezes!

    ResponderEliminar
  7. Também não concordo muito com essa do 'quem cala, consente' pois, tal como dizes, por vezes, e perante determinadas pessoas ou situações, o melhor mesmo é remetermo-nos ao silêncio!

    ResponderEliminar
  8. Agora também tenho sido muito assim, às vezes reparo que as pessoas querem mesmo arranjar conflito, mas não lhes dou grande saída...

    ResponderEliminar
  9. Concordo mais com "quem cala, provavelmente já te mandou para um sitio umas quantas vezes interiormente" lol

    ResponderEliminar
  10. Totalmente de acordo!
    Fazes muito bem

    Beijo e uma noite feliz
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  11. Concordo e finalmente aprendi isso. Por vezes mais vale travar e responder calada :)

    ResponderEliminar
  12. Já o diz o meu irmão: cala, acena e faz à tua maneira na mesma!! Lol

    ResponderEliminar
  13. Estamos na mesma onda.
    Não perco tempo com algumas pessoas.
    Bfds

    ResponderEliminar
  14. Estou de acordo o melhor muitas vezes é ignorar.
    Um abraço e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  15. Por vezes, calar é msmo o melhor, porque se não o fizermos só estamos a dar importância a pessoas que nem a merecem.

    ResponderEliminar
  16. Eu nunca me falo. O que também não é bom.

    ResponderEliminar
  17. É verdade, nem sempre calar é sinónimo de consentir. Muitas vezes também me calo, só para não arranjar mais chatices que não me levam a lado nenhum... Se calhar não o devia fazer, mas prefiro evitar confusões ao máximo.

    ResponderEliminar
  18. Concordo contigo. Muitas vezes o melhor é mesmo calar. Não vale a pena alimentar conflitos.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  19. Ah coisas e pessoas sobre e com quem não vale mesma a pena discutir

    ResponderEliminar
  20. Pelo meu olhar acho que se percebe logo se estou a consentir ou não. Aliás, cá por casa, a minha tropa já sabe que quando fico muito calada é melhor fugir da frente!

    ResponderEliminar
  21. Oh yeah. As vezes mais vale engolir uns sapos e ficar caladinho porque ha pessoas que nao sabem respeitar a opinião dos outros e que ndm querem ouvir. Beijinho

    ResponderEliminar
  22. uma das maiores sabedorias é saber ouvir e ficar em silencio.

    ResponderEliminar