Será mesmo assim...

domingo, 3 de abril de 2016
Gosto muito, muito de animais...de cachorros, mas, sobretudo de gatos. Fazem-me impressão as pessoas que não gostam de animais (o que não significa que me façam impressão as pessoas que não têm um, podem gostar e não ter pelos mais diversos motivos).
Mas, devo dizer a verdade, tirando os casos em que os cães se passam dos carretos e mordem aparentemente sem qualquer razão...fico sempre de pé atrás quando um cãozito embirra com uma pessoa. Acho que eles têm uma intuição fabulosa e que, tal como nós têm sentimentos e pressentimentos.

14 comentários

  1. concordo plenamente, eles sabem sempre!
    Beijinhos, AnaSousa

    http://the3oclock.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Não duvides! E os gatos também demonstram, não se aproximando e logo eles que são super curiosos!

    ResponderEliminar
  3. Olha, cá eu acho que não tem o mínimo sentido. E fico sempre chateada quando alguém diz isso, porque passa-se um caso assim comigo. Eu gosto de animais (e, ao contrário da maioria das pessoas que dizem que gosta de animais, não gosto só de cães de gatos - sou vegan), tenho vários cães e gatos resgatados em casa, mas a cadela do meu tio detesta-me. Tem-me mesmo uma raiva enorme, tenho a certeza de que se me apanhar morde-me. É só assim comigo, pode não ser a cadela mais amistosa do mundo mas não tenta atacar mais ninguém. Serei eu uma pessoa horrível só porque um cão não gosta de mim?

    ResponderEliminar
  4. Tal e qual!
    Adoro animais. tenho um gato com 5 anos, tinha um cão rafeiro, pequeno que morreu com 15 anos, tive pena, não quero mais cães. Mas tenho muito medo de cães, não confio muito, só porque a minha filha foi mordida aos 3 anos, na cara. Foi um trauma, para mim, não era nosso, era de uma prima.

    Mas não gosto que façam mal aos animais.

    Bom serão.
    beijinhos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. é bem capaz de ser verdade...

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  6. >Engraçado como os animais sentem as pessoas :)

    ResponderEliminar
  7. Eles lá sabem, não sei como mas sabem!!

    ResponderEliminar
  8. Quando eu tinha 5 anos andava um rebanho a pastar perto da minha casa, Eu quis ir fazer uma festa a uma ovelha, e o cão pastor atirou-se a mim, e só não me matou porque o pastor me resgatou. Foi uma dentada na barriga que segundo a minha mãe, eu não me lembro fiquei com os intestinos à mostra. O que sei é que estou perto dos 70 e tenho os dentes do bicho espalhados pelo corpo. Um junto da virilha, um por baixo de uma mama, um de cada lado, à altura do umbigo, já quase nas costas. Dá para perceber que não goste de cães. Aliás eu até gosto, desde que não se aproximem.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  9. Os cães sentem a energia das pessoas, por isso, se criam "cisma" com alguém é porque essa pessoa lhes passa uma energia que não aceitam muito bem. Por vezes, embirram sem razão ou por uma situação isolada, mas na maioria das vezes, o instinto deles não falha e se rosnam a uma pessoa, algo ali há. Daí dizer-se que os cães são bons guardas da casa ;)

    ResponderEliminar
  10. Acho bem verdade isso!! Seus instintos são melhores do que os nossos.

    Bjokas e uma maravilhosa semana,
    Blog: DMulheres
    Instagram : @dmulheres

    ResponderEliminar
  11. Também adoro animais, mas a experiência faz-me discordar um bocadinho :) em miúda tinha um cão que era um doce, muito meigo, e uma vizinha que era um encanto de pessoa, não sei quem embirrou primeiro com quem, mas o cão não podia ver a senhora, uma vez quase lhe mordeu.
    bjs

    ResponderEliminar