quarta-feira, 7 de junho de 2017

O que pensar...

Quando nos deparamos com uma mãe de 27 anos, com 4 filhos de 4 pais diferentes, que actualmente já mora com um outro companheiro que não nenhum dos pais das crianças, que se queixa de pouca sorte na vida...que vive dos abonos e do RSI, damos por nós a perguntar se não andamos todos a contribuir para isto tudo e não digo apenas em termos de impostos, mas com esta mentalidade de que cada um faz o que quer da sua vida...e, mas, então...as crianças?
A liberdade é muito bonita. Mas é preciso saber usá-la!

17 comentários:

  1. Meu Deus, que situação complicada!
    As pessoas não sabem mesmo no que se metem.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  2. Precisa mesmo!
    Uma situação que pode trazer muito problema!
    Bj

    ResponderEliminar
  3. uau 27 anos com 4 filhos, vai lançada a rapariga. Nem sei que diga, ou melhor eu sei mas era capaz de ser bastante desagradável e arranjar-te aqui confusão no blog.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. O caso da minha criança é semelhante. Ela com 27 já tinha os 4. Custa-me ver as crianças passar necessidade, quando sabemos que esse dinheiro que recebem é para gastarem nos cafés, onde passam o dia todo. Lá está, as crianças é que sofrem.

    Beijinhos, Amiga

    ResponderEliminar
  5. Conheço um caso parecido. 3 crianças, cada uma de seu pai, sendo que a mais nova tem 8 meses e ela já não está com o pai da criança.
    Agora anda a ver se o meu namorado está disponível e se eu tenho paciência que chegue.
    Para mim é uma questão de educação e bom senso.

    ResponderEliminar
  6. Pois é... bem interessante seu ponto de vista, esse é um assunto a se pensar!
    Beijos
    CamomilaRosa

    ResponderEliminar
  7. E eu a pagar para isso e muitas vezes ai da olham de maus olhos para nós.
    Isto de se fazer o que apetece é giro...
    Kis :=}

    ResponderEliminar
  8. Apetece-me dizer que é preciso fazer algo para lhe fechar as pernas.
    Mas não digo.

    ResponderEliminar
  9. Tenho 26 anos e neste momento dado a minha situação não me imagino com um filho quanto mais com quatro. Essa história bem real e semelhante a outras que devem existem são de pessoas que não pensam, não se preocupam com os outros. Porque a fazê-lo não teriam mais filhos enquanto não tivessem forma de sustentar o primeiro (ou ela própria), seja do mesmo pai ou não...
    É preciso saber usar a liberdade que temos.

    ResponderEliminar
  10. Nem sei bem o que dizer. Há gente que não tem noção nenhuma...

    ResponderEliminar
  11. Esta situação, como muitas outras são muito complicadas! Mas estou 100% de acordo consigo. Não se trata (só) de liberdade. Andávamos todos a ter filhos a torto e a direito sem ter responsabilidade ou forma de sustento para eles e queria ver como era!
    https://jusajublog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  12. E a dita cuja arranjar trabalho em vez de se aproveitar dos abonos e do RSI?! É por estas e por outras que este país não anda para a frente ..

    ResponderEliminar
  13. Com 27 anos e já 4 filhos? Essa moça teve, sequer, tempo para trabalhar na vida?
    Nestas situações penso sempre que os meus impostos é que pagam estas vidas e que eu tenho que trabalhar, pagar casa e afins para sustentar este estilo de vida.


    Ms. Telita | Telita LifeStyleFacebookinstagramTwitter



    • passatempo no blog: giveaway


    ResponderEliminar