Sinais dos tempos...

Num dos poucos jornais com tiragem hoje, o Diário de Notícias, vem um artigo sobre os hábitos de consumo dos portugueses no Natal em termos de alimentação. Concluí-se ali que aumentou em cerca de 50% o número de refeições natalícias adquiridas em hipermercados.
Por aqui também nos rendemos à compra dos sonhos, das filhoses e das rabanadas em detrimento da confecção em casa.  Gosto muito, muito de cozinhar e a tarde do dia 24 é passada na cozinha a fazer bolos e biscoitos com as Minis, mas confesso que não tenho paciência para estar em frente da frigideira. Detesto o cheiro a fritos e se na pastelaria que frequento fazem essas iguarias de uma forma que agrada aqui em casa, não vejo porque me sacrificar ou sacrificar a avó. Preferimos passear e dedicar apenas uma tarde à cozinha.
Devo confessar que também não sou fã dos doces de Natal, com excepção da aletria e essa faço-a.  Os outros, prefiro que terceiros os façam enquanto aproveitamos o tempo para brincar e passear!


5 comentários

  1. Por acaso a minha mãe este ano fez sonhos e coscorões em casa. Mas nos últimos 3/4 anos eram sempre comprados. Os caseiros são bem melhores (não há como negar) mas como somos poucos às vezes compensa mais comprar, até para não se estragar.

    ResponderEliminar
  2. Com exceção do Bolo Rei, continuamos a ser nós a fazer os nossos doces de Natal :D

    Espero que esteja a ser uma quadra maravilhosa 🎄

    ResponderEliminar
  3. Eu tinha habito de fazer filhoses com a minha mãe mas neste tempo não houve tempo. A minha sogra acabou por comprar a uma amiga que faz e ficamos todos a ganhar. Nós e a amiga dela que ganhou uns trocados e sinceramente… até soube melhor, passar este dia mais descontraída.

    ResponderEliminar
  4. Eu também não sou grande apreciadora de doces de natal..


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  5. Eu sinceramente só gosto do pão de ló e do pudim. Gosto das rabanadas depois das festas terminarem e, normalmente, a minha avó faz algumas. Não tenho muita paciência para fritar nada, porque também não gosto do cheiro. De vez em quando faço uma tarte de maçã, fica um cheirinho bom pela casa toda

    ResponderEliminar