Finalmente!!!

Passei anos a queixar-me das minhas tortuosas noites na companhia do meu marido. Não é que partilhar a cama com o meu marido seja mau. Só é mau quando ele adormece primeiro, ou quando eu acordo a meio da noite.
Na verdade, há anos que me queixo que o meu mais que tudo ronca muito mais que porquito. Passei momentos de desespero em que tive de vir dormir para o sofá. Tudo foi sempre desvalorizado. Claro! Ele não tem noção porque não acorda com os próprios roncos. Achava sempre um exagero as minhas manifestações de impaciência.
Finalmente, uma polissonografia (registo poligráfico do sono), veio dar-me razão. O meu esposo tem o grau máximo de ronco, na escala existente. Finalmente vou poder contratar um bom advogado para pedir uma indemnização choruda por maus tratos (tortura do sono).


11 comentários

  1. ahahah... Bastava pôr o telemóvel a gravar os "roncos" ! :)))

    ResponderEliminar
  2. Vais deixar de precisar de dormir no sofá ...

    ResponderEliminar
  3. Agora já não pode dizer que não tens razão :p

    ResponderEliminar
  4. Hahahhahahah.. Olha, nem te conto as vezes que gravei e as crises de risos que me provocou- Ele é que não gostava.
    Mas, durante a noite, estou sempre aos "coices" Loool

    Como te entendo!!

    Beijos-Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  5. Calminha que eu revi as minhas noites neste post... Quanto é que ele vai pagar?

    ResponderEliminar
  6. Ahah afinal sempre tinhas razão! :P

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  7. esse exame existe? afinal tinhas razão xD

    ResponderEliminar
  8. O meu marido ressona mas pouquinho, felizmente. Mas diz ele que eu também sofro do mesmo mal. Eu desconfio e acho que ele só diz isso para me provocar. Ele diz que um dia vai filmar-me a roncar também :)

    ResponderEliminar
  9. Agora espero que haja solução para minimizar o "estrago" ;)

    ResponderEliminar