Das coisas maravilhosas...

Há anos que acordo com acidez no estômago. Bem, acordava.
Durante muito tempo tomei Lanzoprazol. Foram imensas as vezes em que acordei com dores que só me passavam depois de me levantar para comer, passando depois.
Aqui há tempos adicionaram-me a um grupo de probióticos e descobri o kefir. 
Sempre amei iogurtes naturais, portanto foi uma descoberta ao encontro do meu palato.
Ao fim de quatro ou cinco dias a fazer e tomar, passeia acordar sem dores.
O kefir é feito em casa (embora haja em alguns supermercados) e pode ter como base leites com e sem lactose, leites de vaca, outros animais de pasto ou leites vegetais, sendo certo que, no final, como as bactérias que estão na base do mesmo se alimentam da lactose, o mesmo tem uma quantidade ínfima da mesma. Tem uma data de benefícios, e, uma vez que tenhamos as bactérias (grãos), podemos usá-lo indefinidamente  e doar, já que ele vai crescendo.
Muitos devem conhecer, mas para quem não conhece, aqui ficam algumas das vantagens.

Rico em proteínas, vitaminas e minerais, tem propriedades antifúngicas e antibióticas, podendo ser uma ajuda na prevenção de vários problemas de saúde. Facilmente se percebe que são muitos os seus benefícios tais como:
  • Ajuda no equilíbrio da flora intestinal e contribui para a absorção de nutrientes;
  • Facilita a digestão;
  • Diminui o colesterol;
  • Melhora a densidade óssea e combate a osteoporose;
  • Tem um efeito tranquilizador do sistema nervoso (sendo benéfico para quem sofre de depressão ou distúrbios do sono, por exemplo);
  • Aumenta a resistência a infeções em pessoas saudáveis;
  • Previne problemas de vesícula, fígado ou rins;
  • Pode ser usado como tratamento de problemas dermatológicos como acne, eczemas, psoríase ou alergias, por exemplo;
  • Sintetiza vitaminas do complexo B;
  • Pode ser indicado para pessoas com intolerância à lactose, visto que as suas bactérias e leveduras consomem a maior parte da lactose durante o processo de fermentação.


12 comentários

  1. A minha madrasta está sempre com um pote e filtro a fazer

    ResponderEliminar
  2. Ainda bem que resolveste o teu problema. :)

    Beijo de boa noite

    ResponderEliminar
  3. Intolerante à lactose.
    Nada feito!
    Boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro, o kefir não temlactose. A lactose é destruída pelo processo de fermentação.

      Eliminar
  4. E como se faz'

    Bjs
    https://titicadeia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. O meu pai toma e adora! :D

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  6. Isso é típico dos finais de 80, anos 90.
    Lembro-me muito bem de os meus pais terem em casa e fazerem para comermos.
    Depois, a "planta" acabou por desaparecer, já não sei como, e nunca mais voltou nem comi.
    É bom. Tem um sabor característico

    ResponderEliminar
  7. Nunca ouvira falar de semelhante...

    ResponderEliminar