Testes psicológicos! Já!

Não sei se há muitas pessoas que, como eu, tenham cartas ou encomendas enviadas de e para mim que tenham ficado pelo caminho. 
Já estive nesse filme duas ou três vezes e não é agradável. Uma das vezes foi um medicamento importante. Felizmente consegui arranjar o mesmo a 30 quilómetros de casa.
Ultimamente tenho lido algumas notícias de carteiros que não entregam as cartas por tempos infindáveis, sem qualquer motivo que o justifique.
Uns porque gostam de ler as coisas alheias; outros, mais dados às encomendas, gostam de ganhar coisas sem pagar nada. E, depois, há aqueles que têm um problema qualquer e agem sem motivo.
Só hoje li duas notícias destas. Um guardou cartas durante dez anos. Outro tinha 400 quilos de cartas guardadas em casa.
Tal vez seja menor as empresas distribuidoras de correio começarem a realizar testes psicológicos para traçar o perfil dos empregados que admitem, sob pena de, literalmente, não levarem a carta a Garcia.
O carteiro Paulo tem de presidir às entrevistas de admissão.


14 comentários

  1. Não me fale, a coisa vai de mal a pior. E a não entrega, tantas vezes nos trazem arrelias e nos fazem pagar taxas e juros de mora, em serviços públicos. Uma vergonha, é o que é.

    Boa noite, bom fim de semana

    ResponderEliminar
  2. Minha querida Maria do Mundamiga

    Muito obrigado pelo teu comentário lá na minha caverna pré-histórica... :-)))

    Também no Google essas notícias Os criminosos deviam teriam, no meu modesto entender e julgo eu, ver na prisão todos dias, 129.234.567,9 vezes dois videos do carteiro Paulo. E mais um também não lhes fazia mal nenhum...

    Agora, a sério. Uns 20 anos na pildra era a sentença que eu lhes lhes daria se eu fosse juiz. Mas desisti de Direito, felizmente e optei pelo Jornalismo, felizmente.

    Muitos qjs deste teu amigo
    Henrique, o Leãozão


    ResponderEliminar
  3. Olá amiga!
    Passo no teu cantinho para desejar uma boa noite, sonhos lindos e um doce despertar. Que o domingo seja abençoado e que a semana vindoura seja repleta de felicidade.
    Que não percamos a esperança de dias melhores.
    Abraços com carinho e amizade,
    tua amiga Lourdes Duarte.

    ResponderEliminar
  4. Ai, a sério? Por acaso acho que só tive este problema uma vez mas nunca pensei que alguns carteiros fizessem dessas coisas. É o que eu digo... é tudo maluco! :p

    ResponderEliminar
  5. É triste saber que estas coisas acontecem :/

    ResponderEliminar
  6. Nossa, eu nunca pensei que os carteiros ficassem com as cartas de ninguém, realmente, precisam de tratamento , com certeza. Eu pensei que havia extraviamento ou perda dos pacotes mesmo, pura irresponsabilidade.
    Mil beijos e uma semana incrível!
    DMulheresInstagramFanpage

    ResponderEliminar
  7. Fiquei parva! Como é possível que coisas destas ainda aconteçam??? Realmente é melhor ter cuidado com quem anda a distribuir as cartas/encomendas alheias.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. A minha mãe foi chefe de estação toda a vida profissional.
    E cresci ali no meio de cartas e encomendas.
    Nem tal coisa me passava pela cabeça.
    Boa semana

    ResponderEliminar
  9. É triste saber isso ... :/

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  10. Não fazia ideia que isso acontecesse!
    Como é que é possível??!
    Felizmente, nunca tive nenhum problema desse género...

    ResponderEliminar
  11. Ui, a sério? Nunca pensei em tal coisa! Desconhecia que havia tantos carteiros com falta de profissionalismo!

    ResponderEliminar