3 de novembro de 2019

Quando a cabeça não tem juízo...

Já há muito tempo que tinha abandonado, ou tentado restringir a ocasiões especiais, o consumo de produtos com glúten ou caseína. Isto, porque me apercebi que desinchei imenso e, sobretudo, porque deixei de ter enxaquecas com tanta frequência quando restringi este consumo.
Como mudei de graduação dos óculos, as enxaquecas passaram mesmo quase a zero, e eu comecei a pensar que, afinal, o problema era da graduação, que era um problema de visão.
Nas últimas semanas, tenho-me descuidado imenso e tenho comido coisas com farinhas finas. Et voilá, em duas semanas, quatro dias de enxaquecas daquelas de não poder ouvir barulhos, de odiar todo e qualquer cheiro e mal poder ver a claridade. Tive de fazer a minha vida normal, é claro, mas com imenso custo.
Quando a cabeça não tem juízo, o corpo é que paga. Pagou com mais 1 quilo e 500 gramas e um sofrimento atroz.
Juro-vos que não caio noutra!!!

5 comentários:

  1. Bem, foi uma decisão perfeitamente compreensível a de voltar a comer glúten mas percebendo que faz assim tanta diferença talvez seja melhor mesmo tentar evitar :)

    ResponderEliminar
  2. Pensa que foi uma espécie de teste, agora sabendo que de facto faz mal é agir! Bjs e boa semana!

    ResponderEliminar
  3. Muito curioso o teu texto e que muito acredito! Sabes, por norma nunca bebo bebida alcoólicas, no entanto quando estou em familia e, dependendo do tipo de refeição que seja, bebo, se me cair bem o primeiro golo. O mais estranho, que não me sinto tonta porque para beber um copo ( cheio ) dividido em duas vezes, a refeição tem que ser forte. Mas o estranho é que me afecta a visão do lado esquerdo é a 3ª vez. Acho que tenho mesmo que procurar um bom oftalmologista! E não beber o tal copo nas boas refeições!
    Por vezes nós é que nos estragamos...

    -
    A melodia do Outono.
    Beijo e um excelente dia!

    ResponderEliminar
  4. Alergia ao gluten?
    Tenho um amigo com esse problema.
    Boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Pedro! Não diria bem alergia. É mais uma certa intolerância.
      Boa semana!

      Eliminar