Dai-me senhor paciência...

segunda-feira, 30 de novembro de 2015
Tomando o meu café a meio da manhã, sou precedida no meu caminho até ao café da esquina, por um senhor da minha idade que fuma o seu cigarro e deita a beata para o chão, o mesmo fazendo (desculpem-me a nojice) ao seu catarro do fumador. Estive mesmo para lhe oferecer um lencinho de papel para a próxima vez. Mas resolvi ignorar...dai-me senhor paciência que ainda só hoje é segunda feira.

8 comentários

  1. Aí que me embrulha o estômago!
    Kis :=)

    ResponderEliminar
  2. Essa gente não tem culpa de não existirem cinzeiros de 5 em 5 centímetros.
    Assim como não tem culpa de que o tabaco provoque catarro.
    Na verdade, os maços dizem que pode causar a morte, que faz mal à saúde. Pergunte-se ao homem se alguma vez viu um maço que tivesse escrito 'o tabaco provoca catarro'.
    Bem, o melhor é saír de mansinho. E saio ... já saíííííí :)

    ResponderEliminar
  3. Em miudinha ia eu ao colo da minha mãe e vi um Homem fazer isso. Coloquei a minha voz esganissada, que na altura era dez vezes pior e desato aos berros, em plena rua deserta e de noite: "Porco!!! Mãe, aquele homem é porco!!!". Agora apesar da vontade já me contenho mais...

    ResponderEliminar
  4. Boa tarde, Maria
    Pois... de facto tens toda a razão... então quando nos "apanham" num daqueles dia, "azedos"... dava vontade de soltar a língua, não é verdade?
    Mas calma amiga... pensa positivo...

    Sente um abracinho meu.
    Beijos

    ResponderEliminar
  5. Que nojo! Nunca sei se fico mais enojada com o acto ou com o som, mas que é nojento, é!

    ResponderEliminar
  6. É das poucas coisas que me mete nojo...quando vejo e oiço isso faço mesmo uma careta e só me apetece chamar porco ao homem!

    ResponderEliminar