Eu...

Encontrei esta foto no meu mural do facebook à hora de almoço e vi que é a minha cara. Eu sou daquelas pessoas que gosto de saber e de dizer a verdade, a verdade inteira nua e crua, por muito que doa, por muito que me mate ou mate os outros.
Pior que não saber uma verdade muito má é viver na dúvida sobre essa mesma verdade, a dúvida mata devagarinho, deixa tudo virado do avesso e impede-nos de viver à séria.
Quando sei uma verdade, por muito que me doa, começo a orientar a minha vida a partir da triste (ou alegre, também pode ser) realidade. O tempo da dúvida é um tempo perdido, de auto-destruição.


4 comentários

  1. A dúvida é a maneira simples de dizer:
    Nem o pai morre, nem a gente almoça. eheheh

    ResponderEliminar
  2. A imagem também me identifica e muito.

    Sou como tu. A verdade, sempre.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  3. O teu homem poe-te os cornos! :)

    ResponderEliminar
  4. Eu tenho-me dado mal durante e a vida todo porque digo a verdade. Sinceramente vejo que quem não o faz é que fica sempre bem.

    ResponderEliminar