Relembrando...

Relembrando que outrora hoje era o dia da mãe, mimando todas as nossas mães e as de nós que são mães, aqui fica um poema que me toca profundamente para marcar este feriado.


Pequeno Poema

Quando eu nasci, 
ficou tudo como estava. 

Nem homens cortaram veias, 
nem o Sol escureceu, 
nem houve estrelas a mais... 
Somente, 
esquecida das dores, 
a minha Mãe sorriu e agradeceu. 

Quando eu nasci, 
não houve nada de novo 
senão eu. 

As nuvens não se espantaram, 
não enlouqueceu ninguém... 

Pra que o dia fosse enorme, 
bastava 
toda a ternura que olhava 
nos olhos de minha Mãe... 

Sebastião da Gama, in "Antologia Poética"




11 comentários

  1. Gostei tanto, mãe é mãe. :)
    Um ótimo dia para si.
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  2. Gostei bastante do poema!
    Bom feriado.

    r: Obrigada :)

    ResponderEliminar
  3. Muito bonito!à pessoas que continuam a celebrar o dia da mãe, hoje.
    Tenha um ótimo dia.

    ResponderEliminar
  4. Bom dia Maria
    Um poema soberbo! Parabéns pela escolha.

    Ainda me lembro que, nesta dia era dia da Mãe. Tudo muda.

    Bom feriado, beijinhos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Ainda hoje há quem comemore o dia da mãe.
    Mãe é sempre mãe e nunca será esquecida.

    ResponderEliminar
  6. Oh minha mãe, minha mãe,
    Oh minha mãe, minha amada.
    Quem tem uma mãe tem tudo,
    Quem não tem mãe é órfão. xD

    ResponderEliminar