Dia estragado...

terça-feira, 12 de janeiro de 2016
Entre as coisas que me incomodam mais neste país é o estado de degradação económica em que vivem muitos dos nossos idosos. Foi suficientemente doloroso para me estragar o dia, aperceber-me que uma velhota, com ar de quem é pouco abonado, não queria levar parte da receita por ser muito cara e ela não ter dinheiro. Acabou por levar a receita inteira porque a farmacêutica insistiu e lhe disse que pagava quando pudesse.
Estas coisas deprimem-me.

16 comentários

  1. É uma vergonha este nosso país!...

    ResponderEliminar
  2. E cada vez aparecem mais casos destes,. muito mais, é triste!

    Beijo e um dia feliz

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Verdade, essas coisas é que me incomodam mesmo!

    ResponderEliminar
  4. Assisti a uma situação idêntica hoje, mas a farmacêutica não reagiu da mesma maneira, foi lhe indiferente, é como se casos como aquele fosse o "pão nosso de cada dia"

    ResponderEliminar
  5. Há mais casos desses do que nós pensamos.
    Trabalho num supermercado e por vezes também apanho com cada situação. Muitas vezes se eu pudesse ia ao cacifo buscar o meu dinheiro e pagava. Às vezes querem levar umas bolachinhas ou uns bolinhos mas assim que chegam à caixa porque só têm dinheiro mesmo para o pão, as frutas e os legumes (e não levam muitos).

    ResponderEliminar
  6. faz com que se questione muita coisa...

    ResponderEliminar
  7. Infelizmente, há cada vez mais casos assim...pessoas que deixam de tomar os medicamentos porque precisam do dinheiro para comer, e pessoas que deixam de comer para poderem comprar os medicamentos...mas o nosso querido Estado não quer nem saber...o que importa agora é andar a gastar milhares em campanhas e bancos e outras coisas que tais.

    ResponderEliminar
  8. É realmente muito triste. Dói assistir a situações como essas.

    ResponderEliminar
  9. Os nossos idosos com as suas reformas tão baixas estão pouco protegidos. O dinheiro mal chega para a comida. Chega a ser dramático.
    Bjs.



    ResponderEliminar
  10. Isto sim é de deixar qualquer um de rastos. Aliás supostamente devia deixar qualquer um de rastos.
    Mas lá está só fica bonito é preocuparam-se com os refugiados.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  11. Quando trabalhei na zona da Ajuda havia senhoras que, por vergonha, só comiam uma sandes por dia, meia de manhã e meia à tarde e descobri que ainda há pessoas em Lisboa sem casa de banho em casa! Faz o que se pode e quando posso, ajudo.

    ResponderEliminar
  12. Quantos e quantos se encontram nessa situação infelizmente. Triste vida a destas pessoas que lutaram tanto na vida para agora se verem assim...

    ResponderEliminar
  13. infelizmente muita gente passa pelo mesmo na farmácia :(

    ResponderEliminar
  14. Faço das tuas, as minhas palavras...

    ResponderEliminar