Ora muito bem!

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016
Acabei de ler que um estudo publicado lá num jornal não sei onde e feito por uma tal universidade, apontou que praticar actividades como o crochet e o tricôt reduzem as chances de transtornos cognitivos leves e perdas de memória. Este estudo deixa-me muito feliz porque, como são actividades a que me dedico com regularidade, significa que, aos 80 anos vou ter uma memória melhor que a que tenho agora.
Devo acrescentar, que, no que a mim diz respeito, estas actividades, reduzem grandemente o cansaço e aumentam o nível de satisfação pessoal.
Ando há séculos a tentar que o meu marido aprenda, mas ele não está para aí virado.


17 comentários

  1. Sou uma naba com as mãos...ou melhor uma desajeitada! Mas treino a memória a cantarolar e a memorizar letras de canções...;)
    Abraço!

    ResponderEliminar
  2. Olha, muito bem. Gostei, porque também faço, às vezes :-)

    Beijos e um dia feliz

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Bem, a minha memória anda tão má, se calhar tenho que começar a fazer croché. Não sei se ainda vou a tempo, mas não custa nada tentar. lol

    ResponderEliminar
  4. Que interessante... não sabia dessa!
    Não sei fazer... eu e as agulhas só nos conhecemos no ponto cruz e nos arraiolos :)

    ResponderEliminar
  5. Espero que haja outros meios de reduzir as hipóteses de transtornos cognitivos leves e perdas de memória, porque senão, não tarda, estou completamente "chéché"! Tricot, crochet e coisas afins nunca foram a minha "praia"!

    ResponderEliminar
  6. Amando visitar por aqui;temos sempre muitos
    assuntos à comentar néh_digo amei seu título do blog
    bem oportuno!:)
    Ah;e bom saber eu faço tricô.rs
    Abraço!!!

    ResponderEliminar
  7. Faz sentido porque é algo que requer concentração... Já fiz algumas coisas em malha, mas não tenho muito jeito e acabo por desmotivar

    ResponderEliminar
  8. Não fazia ideia! Por acaso, sei fazer alguns pontos de crochet e até já fiz algumas coisas, como bolsinhas e assim! Gostava agora de aprender a fazer tricot para poder fazer os meus próprios cachecóis e golas!

    ResponderEliminar
  9. Olha, ainda bem que já voltei novamente às agulhas do crochet e do tricot :) Quem diria? Fazer trabalhos desses relaxa-me imenso. Quando ando stressada e com o pensamento a mil, ajuda-me muito pegar nas agulhas. É só benefícios e no final ainda fico com roupa nova :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. São atividades que fazem muito bem :)

    ResponderEliminar
  11. Olha... não fazia a minima ideia.
    Beijinh

    ResponderEliminar
  12. A não sei que faças disso profissão. Nesse caso acho que não é assim tão relaxante. (:
    kiss na cheek

    ResponderEliminar
  13. Eu gosto muito de tricotar. E também de croché. Bom farto-me de fazer casacos e camisolas e vestidos e o que mais calha para a neta. Desde que nasceu, e ela já faz na próxima quinta feira 7 anos.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  14. isto fez-me lembrar um artigo que vi algures sobre o sono. Nele dizia-se que as mulheres nao deviam ler ao deitar, mas fazer actividades mais leves, como crochet e tricot. Um artigo antigo, note-se.

    Contudo, acho que tenho de discordar. O caso que tenho na família de uma pessoa que sabia fazer todas essas coisas e que agora diz não ser capaz de fazer nada. Esqueceu. Não se sente capaz. (e não quer, pronto). Portanto, tê-lo feito durante anos não fez nada pela sua memória, rsss

    ResponderEliminar
  15. Não sei fazer nem uma coisa nem outra, já estou a prever o meu futuro...

    ResponderEliminar