Concordo totalmente...

quinta-feira, 7 de abril de 2016
Quando digo que gostava de ser muito magra, digo-o na brincadeira, acrescentando que gostava de ser assim para poder comer o que me apetecesse. Realmente, para o meu peso ideal tenho 4 quilos a mais.
No entanto, não gostaria nunca de ser como a menina da foto abaixo, modelo da Gucci, protagonista de um anúncio que foi banido pela entidade reguladora, atenta a sua magreza extrema. Concordo totalmente, a menina nem sequer tem ar de saudável...


14 comentários

  1. Até porque quem hoje institui os padrões de peso ideal e saudável, amanhã muda de opinião, consoante mudam os apelos ao consumo de determinadas entidades.
    Nos últimos anos já se publicaram os mais disparatados estudos sobre, por exemplo, os benefícios e malefícios do café.
    Com a preservação do "esqueleto", as coisas tornam-se mais aberrantes, por serem decididas mais em função das modas do que com bases científicas. :/

    ResponderEliminar
  2. Magra é uma coisa, magreza extrema é outra, e esta menina e outras que tais, são cadavéricas...

    ResponderEliminar
  3. Credo.... Até mete medo de tão magra...

    ResponderEliminar
  4. Eu quando vi a foto fiquei naquela que era da posição em que estava... mas afinal não =S

    Uma tristeza continuarem a achar que isto é que é bonito =(

    Beijocas

    ResponderEliminar
  5. O conceito de beleza e os padrões impostos, são mesmo tristes. Ser magra , é está bem consigo mesmo, sem seguir padrões mas ter uma magreza extrema não é saudável .

    Bjokas,
    Blog: DMulheres
    Instagram : @dmulheres

    ResponderEliminar
  6. Uma coisa é ser magra outra é ser cadavérica e ter ar de quem se vai finar a qualquer momento. Que horror...

    ResponderEliminar
  7. Ai credo, a rapariga tem mesmo mau aspeto!

    ResponderEliminar
  8. A quantidade de miúdas que segue estes padrões e que acaba por se tornar "escrava" dos mesmos..é triste!...Gostar de si próprio é o mais importante!...e há tanta coisa a destruir o amor próprio..

    ResponderEliminar
  9. Uma coisa é magreza, outra é doença e, de facto, esta menina tem mesmo é um aspecto doente...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não acho. A foto não esclarece bem. De lado, com um vestido com um padrão que se mistura com o padrão de fundo... Magra é mas no rosto não está cadavérica.

      Eliminar
  10. Não sou muito gulosa. Pelo que não ia desejar ser magra para comer o que me apetecesse - embora aprecie um bom prato.

    Gostava de ter o peso certo para a minha estrutura, porque sinto saudade da agilidade de um corpo mais em forma :) Se esta moça da foto for assim, tudo bem. Mas no mundo da moda pressionam as modelos porque nunca são magras o suficiente...

    ResponderEliminar
  11. Deixem-na ser magra -se lhe for natural, enquanto é jovem. Não são medidas que se vão manter para o resto da vida. O esqueleto muda de 10 em 10 anos e as gorduras também aparecem. Ela que disfrute bem - se for saudável não tem mal ser magra.

    ResponderEliminar
  12. Para mim o importante não é ser magra ou gorda, mas sim ser saudável. Infelizmente a sociedade em que vivemos não pensa assim e muita influência tem certas marcas. Até devia ser proibido.enfim...

    ResponderEliminar
  13. O peso ideal sim...agora exageradamente magra não...

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar