E não me sinto mal!

sexta-feira, 2 de setembro de 2016
Desde dia 13 de Agosto que estava, praticamente (até depois do jantar), fechada em casa com as minhas filhas, excepção feita aos passeios nocturnos. Eu a trabalhar no computador, a precisar de me concentrar e elas, como crianças que são, numa gritaria louca, ora de euforia e amizade, ora a pegarem-se, discutirem e baterem-se. Tive dias de gritar com elas desesperada!
Hoje voltei à minha rotina...hoje voltaram para o ATL. E eu senti-me bem com o sossego no trabalho...e, ao fim do dia, senti vontade de as abraçar, como já não sentia há muito....Estavamos a precisar de algum afastamento...é um facto! E não me sinto mal por isso!

19 comentários

  1. Uma pessoa não se deve sentir mal por isso. Eu sei que às vezes é o nosso papel de mãe a falar mais alto, mas ser mãe também é sentir-se desgastada e a precisar de espaço. As rotinas, quando voltam, também são bem vindas.

    ResponderEliminar
  2. Hahah imagino que se um dia for mãe também vou sentir o mesmo! As saudades também fazem bem :p

    ResponderEliminar
  3. Também é preciso o afastamento. Para bem de todos.
    Espero que te estejas a dar bem no teu novo serviço..

    Beijo, bom fim de semana

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Tenho uma e já é o que é imagino com duas! É normal e o afastamento é bom :) Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. E não tens que te sentir mal. É perfeitamente normal. Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Compreendo-te perfeitamente. Aqui é igual, é preciso o afastamento para darmos valor à proximidade delas. Por cá também tem sido 24/7 desde 13 de agosto. Beijo

    ResponderEliminar
  7. Não tens que te sentir mal, até porque não é por isso que gostas menos das tuas filhas

    ResponderEliminar
  8. não digas nada, estou desejando que comecem as aulas!!!

    ResponderEliminar
  9. Ser mãe pode ser muito desgastante, não é? :) Não acho que ninguém se deva sentir mal por, às vezes, querer um pouco de sossego!

    ResponderEliminar
  10. Acho que não tens que te sentir ma. É perfeitamente natural.
    Não tenho filhos, mas mesmo com as outras pessoas, adultas, uma pessoa sente necessidade de se afastar e ter sossego.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  11. Considero perfeitamente normal esse sentimento e até acredito que seja bem saudável esse afastamento diário. É muito mais gratificante, essa vontade de abraçar, ao final de um dia de trabalho:) Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Tanto tempo a aturar a canalha, até dá vontade de trabalhar. eheheh

    ResponderEliminar
  13. Acredito que não nos devemos esquecer de ser mulheres mesmo depois de sermos mães!

    ResponderEliminar
  14. A minha mais velha já está a estudar em Hong Kong.
    A mais nova faz hoje 13 anos.
    Boa semana

    ResponderEliminar
  15. Oh não te sintas mal.. acho que é um sentimento geral nos pais. Os que conheço, queixam-se do mesmo :)
    Às vezes 5 minutos sozinha faz maravilhas!

    ResponderEliminar
  16. Bem este comentário não tem nada a ver com este teu post, por isso se quiseres depois de o leres podes apagá-lo. Conheci um novo blog à bocadinho (que já não me lembro o nome, infelizmente) e encontrei lá um post que achei que era completamente a tua cara - não sei bem porquê. Basicamente o post era a rapariga a contar histórias, pormenores, pensamentos, coisas que disse (...) que se lembrava da sua infância. Ela tinha tudo junto em apenas um post, mas eu acho que seria uma boa série para tu fazeres por aqui... Talvez esteja enganada, mas acho que tens muito para contar. Beijinhos. :)

    ResponderEliminar
  17. Por vezes é mesmo preciso. Eles tmbém precisam de férias de nós, e nós deles. Bjs

    ResponderEliminar
  18. E os filhos também deviam estar a precisar de voltar às rotinas deles.
    (estar a aturar adultos a berrar com eles também não deve ser fácil!) (:

    Todos nós precisamos do nosso espaço. Logo eu, que não consigo trabalhar no meio da confusão.

    Um abraço.

    ResponderEliminar