Pensando bem...

O Público trouxe a público (passe a redundância), o ranking das escolas secundárias do  país. Confesso que não fiquei muito satisfeita por ver que a escola que a minha Mini mais velha frequente não está muito bem classificada. Mas, depois, dei por mim a pensar que um ranking é um ranking e se for organizado por outra entidade qualquer, se calhar os resultados são diferentes. E, acima de tudo, mais do que a posição que a escola ocupa no ranking nacional, interessa-me saber se ela se sente bem na escola, se é feliz e se aprende e evolui... Não preciso de encher a boca com um ranking qualquer, basta-me que o meu coração esteja satisfeito.


6 comentários

  1. Os rankings são como as sondagens que, ultimamente, têm andado tão longe da sorte grande e a maior parte das vezes nem na "terminação" conseguem acertar.

    ResponderEliminar
  2. Eu também queria ver as que frequentei... até tenho medo...

    Beijocas

    ResponderEliminar
  3. Claro, o importante é estarem satisfeitos.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Os rankings das escolas não fazem qualquer sentido, sobretudo quando se comparam realidades completamente diferentes! São tão fiáveis como os inúmeros estudos que hoje existem e aparecem por essa net fora!
    Se há coisa que a mim não me diz nada, são os rankings das escolas!!

    ResponderEliminar
  5. O importante é estarem felizes e sentirem-se bem. É tal e qual a história que as escolas privadas é que são boas -_-

    ResponderEliminar
  6. Olá Maria!
    Muito feliz com sua visita ao Mundo Encantado, obrigada, e volte sempre!
    Feliz Ano Novo!
    Beijinho
    Ju

    ResponderEliminar