Já me irrita!

quarta-feira, 22 de março de 2017
O presidente do Eurogrupo esteve mal ao dizer que nos países do sul se gasta muito em copos e mulheres, ou como se diz na minha terra e se diz muito por aí "putas e vinho verde"! Há coisas que, por muito que se pensem, não devem ser ditas quando ocupamos determinados cargos. Confesso que não gostei. Como não gostei que o outro deputado polaco tenha tecido considerações pouco abonatórias acerca das capacidades das mulheres.
Seja como for, muito me irritam duas coisas. A primeira é que se esteja a fazer muito mais alarido em relação a esta frase do que em relação ao que disse o tolo polaco, a segunda é que esta frase seja explorada até à exaustão para fazer piadolas.
Foi mau, foi muito mau. Mas, pronto, façam como fizeram ao polaco. Castiguem-no e toca a andar para a frente.
Vivemos uma época em que as pessoas julgam que o livre pensamento e a liberdade de expressão não têm limites. Mas têm, e têm, sobretudo, quando se trata de pessoas que têm funções públicas.
Seja como for, as coisas estão a tornar um rumo tal, que já não fico estupefacta com tanta barbaridade que se diz. Infelizmente, vai sendo cada vez mais comum. Já não fico profundamente ofendida porque "Palavras loucas, orelhas moucas!"
Bem andou a Superbock ao brincar com a situação.

2 comentários

  1. Pois o mal é´mesmo esse, o de já não ligarmos, o de já não nos surpreendermos. Lamentável o que disse esse senhor, uma vergonha para ele e para todos nós. Se não o demitem, deveria ele mesmo demitir-se, esteve muito mal. Não sei quem tipo de portugueses conhece que lhe passaram essa ideia mas nunca poderia ter dito o que disse. Com os copos devia estar ele!

    ResponderEliminar