12 de setembro de 2019

Desabafo...

Normalmente, não uso o blog para escrever as coisas mais íntimas, nem aqui venho carpir as mágoas mais profundas (por acaso não me lembro agora de nenhuma, mas... ainda que lembrasse...) nem para projectar os meus estados de euforia por coisas que vou vivendo.
Hoje, contudo, estou num daqueles dias particularmente meditativa e dei por mim a sentir que há um certo grupo de pessoas que me aborrece profundamente.
Aborrecem-me de morte as pessoas que não são capazes de apreciar e comover-se com gestos ou momentos de beleza sublime que todos os dias acontecem ao seu redor.
Tenho-me deparado com algumas assim...talvez seja uma forma de defesa. Mas não deixam de me aborrecer...





9 comentários:

  1. Junto-me a grupo! Isso também me aborrece :/

    ResponderEliminar
  2. Sabes uma coisa? Tens toda a razão!
    No entanto, penso, que as pessoas têm de passar por grandes provas na vida para apreciar pequenos gestos. Para dar valor a pequenos nadas. E sabes, vou confessar, perder a Mãe - a minha - nos seus 53 anos, que apesar de já terem passado 25 anos, ainda me fez tanta falta, mas tanta. Ainda hoje "invejo" (forma de falar) as pessoas mais velhas que ainda têm os seus. Odeio gente que cospe para o ar, quando nunca perderam o emprego. Que nunca andaram à procura do mesmo. Que nunca lhe faltou o salário. Mas que, não sabem poupar o que ganham. Por tudo isto já passei, e por mais alguma coisa, tu sabes! Por tudo isto, me tornei uma pessoa diferente que qualquer coisa me faz rebentar as lágrimas.

    Estas ultimas 3 semanas não sei onde fui buscar forças para ajudar a minha filha genro e netos. (uma diferente)mas fui capaz de a ajudar a reerguer. Graças a Deus e à minha força. Só peço a Deus que deixe andar aqui mais uns anitos pois eles precisam de mim!

    Há pessoas tão frias mas tão frias dá raiva. Até com os animais. E olha que, há animais melhores que certa gente, até falo de inteligência. Falo pela Mimi, que quando fica sozinha só faz arneiras, Lool

    As imagens são de uma ternura ímpar! Pequenos gestos que nos enchem o coração. Os mais idosos com as crianças, e vice versa.

    Sabes que mais? Gosto muito de ti!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Pode acontecer que as pessoas possam considerar como dado adquirido o que quer que vejam à sua volta. Ou então estão tão ocupadas com os problemas que têm que não se apercebem desses “gestos ou momentos de beleza sublime”.
    Quantas vezes não lemos (ou somos instruídos) que devemos pôr de lado os arrependimentos sobre o que fizemos ou não fizemos no passado, não nos preocuparmos com o futuro e tentar tirar o máximo proveito do presente? Não é fácil. Leva o seu tempo para as pessoas se “reprogramarem”, se habituarem a desacelerar para que consigam viver “o momento”.
    Agora o que me aborrece profundamente é estar na presença de pessoas que apenas criticam ou se queixam de tudo e de todos.

    ResponderEliminar
  4. Há pessoas que parece pensarem que é óptimo ser infeliz.
    Ou dizer que se é infeliz.
    Fujo delas como Maomé do toucinho!
    Bfds

    ResponderEliminar
  5. Olá,
    Não podemos estar mais de acordo com o seu post.
    Hoje em dias certas (ou muitas) pessoas não se compadecem com a dor do outro, nem mesmo quando o "outro" é da família. Há muita falta de compreensão, solidariedade e amor pelo próximo.
    E o mesmo acontece com os tais momentos de beleza que fala no post, imagens tão lindas como estas merecem um minuto da nossa apreciação, mas parece que não está na moda ver imagens ternurentas ou fofas.
    Cada vez mais temos a sensação que não pertencemos a esta "Mundo", onde os valores estão todos trocados e tudo parece normal...
    Beijinhos grandes

    É como escrevemos no poema de hoje:

    "Ao passar numa rua da minha cidade
    Encontrei colado num poste de electricidade
    Um panfleto repleto de letras coloridas
    Lá dizia que buscavam urgentemente
    Pessoas que tratam os outros como gente
    E saibam como cuidar de almas feridas"

    ResponderEliminar
  6. Serão pessoas egoístas que só pensam nelas, só pode!!

    ResponderEliminar
  7. A cada dia a humanidade se vai tornado mais desumana.
    Abraço e bom domingo

    ResponderEliminar
  8. A mim dá-me pena... pena porque não percebem que a beleza nas coisas normais é meio caminho andado para a felicidade!
    Ou é para se protegerem porque passaram por muito ou é porque são uns tontos e nunca passaram por nada!

    ResponderEliminar
  9. São pessoas que lhes faltou alguma coisa no seu desenvolvimento.
    Beijinhos

    ResponderEliminar