Tenho vergonha! Muita!

Aperta-me o coração que um idoso (ou mesmo uma pessoa mais nova) tenha um acidente vascular cerebral em Faro, as urgências do hospital local não tenham meio de o tratar e o transfiram par Lisboa...e que chegado a Lisboa, ao hospital de S. José, seja recusado e transferido para Coimbra, onde veio a falecer...
Isto põe em causa a fiabilidade do nosso SNS e a segurança das populações. Isto é um atentado contra a dignidade das pessoas. Não se ter assistência médica capaz num raio de distância curto da residência, é um atentado contra todos os princípios de uma sociedade evoluída. Fico de coração apertado por termos de sujeitar as pessoas a estes transtornos, a estas lesões da sua dignidade. Tenho vergonha.

7 comentários

  1. E pagamos nós impostos para isto... Seria suposto termos direito a cuidados médicos, enfim...

    ResponderEliminar
  2. Cada vez tenho mais medo. Parece que fomos lançados aos leões agora desenvencilhem-se...

    ResponderEliminar
  3. Convém repararmos que a deterioração dos serviços prestadores de cuidados médicos aconteceu nos últimos quatro anos.
    Não se admite que aconteçam coisas como a que aqui foi contada.

    ResponderEliminar