Chocada!!!

Não preciso de dizer a quem em acompanha o quanto gosto de animais, o quanto mimo dou às minhas gata e cadela e o quanto me preocupo com o bem estar delas. Deixei de ir a determinados sítios porque não permitem animais e eu gosto de estar na companhia da cachorra. Fazem parte do meu agregado familiar, falo com elas como se fossem bebés, sofro com as suas dores e fico feliz com as suas conquistas. Não tenho problema em dizer que não tenho nojo delas. Há coisas que não são agradáveis (como limpar os xixis e os cocós de descuido) mas é inerente e não me causa qualquer transtorno.
Todo este blá blá blá, para vos dizer que sou completamente apaixonada pelas patudas. No entanto, apesar de serem membros do agregado familiar, não as ponho em patamar de igualdade com as minhas filhas, embora venham imediatamente a seguir. As crianças humanas, sejam de que raça ou nacionalidade forem deveriam estar sempre em primeiro lugar. 
Tudo isto, para dizer que me deixa realmente espantada e a perceber que vivemos uma época de histerismo e endeusamento dos animais, a informação de que é cada vez mais frequentes os donos (ou pais como alguns preferem chamar) de patudos recorrerem a cirurgiões estéticos, para corrigir uma orelha mais descaída, ou para por um botox para por um focinho mais simétrico. 
Eu já sabia da existência de consultas de psicologia para animais deprimidos e percebo, a sério, que eles possam estar deprimidos e necessitem de ajuda especializada.
Agora desculpem-me, gastar fortunas a corrigir uma orelha mais descaída, colocar botox no cachorro, será mesmo porque se gosta do animal? Para mim é loucura...é desvario. Confesso, não entendo!!! É uma insanidade! Tantos miúdos que não têm sequer água potável!

17 comentários

  1. Eu estou de boca aberta. Não fazia ideia nenhuma de que fizessem isso com os pobres animais.
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Fiquei sem palavras. Não fazia a mínima ideia que isso acontecia. Será que o bem-estar animal não deveria de estar acima dessas coisas? Acho que um animal precisa de ser cuidado, estimado, acarinhado e amado, agora sujeitá-lo a cirurgias/intervenções meramente estéticas acho que é estar a expor o animal a um sofrimento desnecessário. E é como dizes tantas crianças sem água potável, sem comida decente na mesa, e a investir-se dinheiro neste tipo de coisas.

    ResponderEliminar
  3. Acho ridículo tudo isso, bem como igualmente ridículo igualarem os animais às crianças e auto-intitularem-se de pais........... dos animais... really. Mas cada um com a sua mania...

    ResponderEliminar
  4. Isso não tem nada a ver com amor pelos animais. Tem a ver com vaidades! Pura e simplesmente! Uma pura idiotice! Coitados dos bichos!

    ResponderEliminar
  5. Confesso que nunca tinha ouvido falar disso....até os animais padecem com as manias dos donos...


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  6. Não fazia ideia!
    Lá em casa temos 4 cães e são como família para nós. Mas não chegaríamos a pontos de extremos como esse. Se as cirurgias fossem necessárias para a funcionalidade do animal é uma coisa, agora por ser esteticamente mais bonito, ou mais perfeito isso não!!!
    https://jusajublog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. Realmente é de ficar pasmada! Tantas crianças que queriam apenas uma malga de sopa. E andam com taradices. Enfim. Um atentado à pobreza.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Sou louca por animais mas acho isso simplesmente triste. Os animais não precisam de nada disso para serem felizes e creio ser cruel submeter um animal a uma cirurgia por simples vaidade dos donos.

    ResponderEliminar
  9. Não fazia ideia disso! Estou em choque também!

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  10. Um dos casos excêntricos que não me esqueço foi este: Leona Helmsley, viúva, bilionária ligada ao setor hoteleiro (entre outros) quando morreu em 2007 deixou $12 milhões ao seu cão. Dois dos seus netos (não sei quantos tinhas) não foram mencionados no seu testamento. Um dos seus desejos era que o cãozinho fosse enterrado ao seu lado, o que não aconteceu. O cão morreu em 2011 e foi cremado. O gerente de um dos seus hotéis tomou conta do cão. Na altura o gerente disse que $100 mil dólares por ano era suficiente para cuidar do cão: $8 mil para os cuidados pessoais do animal (não creio que incluisse botox...), $1.200 para a sua alimentação e o resto seria para cobrir o seu “salário” e o de um segurança a tempo inteiro.
    Também me recordo de ter lido que, uma vez, tinha despedido um empregado de um dos seus hotéis por ter servido uma salada com umas gotas de água.

    ResponderEliminar
  11. Há coisas que também não consigo entender! Devemos fazer o melhor pelos nossos animais, mas há determinadas opções que acho que são mais por excentricidade, do que por amor

    ResponderEliminar
  12. Estou de volta, pelo menos tentar a meio gás =)

    A sério que já há cirurgias desse tipo para animais? Que horror, não fazia a mínima ideia =/
    As pessoas assim já abusam.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  13. Não fazia ideia!! O que vi uma vez, foi os donos fazerem tatuagens nos animais, chegavam a alegar que era a vontade do bicho! Adoro animais, tenho 2 gatas e um labrador, e sei que os animais não precisam disso... é uma idiotice!!

    ResponderEliminar
  14. Não sabia da existência de tal crueldade mas enfim... Qd de uma vez por todas se trata os animais,como animais seres que merecem ser respeitadas. Fico triste com notícias destas também tenho uma gata e jamais lhe faria mal.
    Bjitos

    ResponderEliminar
  15. Nem fazia ideia que essas cirurgias aconteciam!!!
    Quando se gosta, gosta-se como é ;)

    ResponderEliminar