Má língua!

Não nego que vi o primeiro e o segundo Big Brother. Estava colocada na Ilha da Madeira, numa vila com 56 habitantes no centro e nada mais havia além dos 4 canais nacionais. Na altura, as terças feiras eram dias muito divertidos por ser o dia das expulsões.
Bastou-me ter mais que fazer para deixar de ver completamente qualquer tipo de reality show. Atenção, não digo que não tenha parado em frente à televisão para ver o formato do programa, mas, invariavelmente, acabei sempre por concluir que era mais do mesmo.
Hoje li na revista Sábado que a Teresa Guilherme detesta que a chamem da "Rainha dos reality shows" e soltei uma valente gargalhada. Depois de se encher de dinheiro e a cabeça de muitos portugueses à custa destes programas (para os quais acho mesmo que é imbatível), a senhora queria que a chamassem o quê? Rainha dos documentários? Rainha dos programas de debate???
Poupem-me!


10 comentários

  1. Não, o que ela queria mesmo era ser rainha das sessões de declamação de poesia... =P

    ResponderEliminar
  2. Pois também não sei... É claro que ela é a Rainha dos reality shows! :)

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Ela gosta de ser chamada assim, Loool

    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. hahah realmente :P
    Olha eu já não vejo um programa desses aos anos!

    Beijocas

    ResponderEliminar
  5. Sou avessa a rótulos, mas acho que este é inevitável, até porque é o grande destaque do trabalho dela.

    ResponderEliminar
  6. Ahahahahahah! Já me fizeste dar uma boa gargalhada :D

    ResponderEliminar
  7. Realmente!
    https://jusajublog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. É mesmo ed rir à gargalhada! Essa senhora é absolutamente detestável...

    ResponderEliminar
  9. Ela não quer ser rainha. Ponto.
    Gosta de inventar esses rotulos lá para o concurso, mas não gosta de levar com um.

    Bom pic!

    ResponderEliminar