Pode ser útil, mas deixem-se de preconceitos!

Ao que parece a Igreja Católica vai fazer uma avaliação psicológica prévia dos futuros seminaristas, com vista a avaliar da sua vocação para seguirem o sacerdócio. 
A ideia, em si, parece-me correctíssima. Acho bem que despistem casos casos de autênticas "taras" que alguns sacerdotes apresentam. Vão despistar casos de bipolaridade, esquizofrenia e parafilias.
No entanto, a necessidade do despiste destes problemas de saúde mental, que não se querem em pessoas que terão de ser guias e orientadores para os crentes (e não crentes),  começa na ideia defendida por alguns sectores da igreja de afastar do sacerdócio, total e completamente quem tenha ligações, mais ou menos estreitas à homossexualidade...E voltamos ao mesmo. Um passo para a frente e dois para trás. 


8 comentários

  1. No dia em que a Igreja Católica deixar de ser preconceituosa e abandonar alguns dos seus dogmas mais retrógrados, o mundo acaba.

    ResponderEliminar
  2. Nem sei que dizer. Há coisas na igreja que me fazem confusão...

    Beijocas

    ResponderEliminar
  3. Acho bem que haja um certo despiste mas realmente que assim é mais um bloqueador que um restreador...

    ResponderEliminar
  4. Só vendo que é que se vai procurar repelir é que poderei comentar.
    Boa semana

    ResponderEliminar
  5. Concordo totalmente contigo!

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  6. Fico confusa com estas cosas. :)

    Beijo e uma excelente semana.

    ResponderEliminar