Desculpem, mas sou assim!

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015
Peço desculpa aos meus leitores mais novos e mais modernos mas tenho que vos dizer que aproveitei a minha hora de almoço para comprar postais de Natal que vou escrever no fim de semana e enviar segunda feira. É que, na verdade, embora use telemóvel e facebook, recuso-me (e fico triste quando mo fazem) a desejar boas festas por SMS (daqueles pré-feitos que se mandam a todos os contactos) àqueles de quem realmente gosto. Recuso-me também a postar uma imagem alusiva ao Natal no face e nela identificar uma série de pessoas, dando assim, como dadas as Boas Festas.
Faço isso apenas aos conhecidos. Aos amigos (mais ou menos chegados) escrevo postais e faço telefonemas no dia 24 de Dezembro.
Na minha modesta opinião, as SMS e as ditas imagens no face, mais parecem uma fábrica de encher chouriços, onde com um simples clique, se dá toda a gente por felicitada.

25 comentários

  1. Eu sou ainda mais modernaço: não mando SMS's, nem E-mails, nem postais, nem dou prendas. ahahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tirando as prendas, somos parecidos :P

      Eliminar
    2. Eu cá sou como o esperto ;) nadaaaaa lol

      Eliminar
  2. Pois... à família e a dois ou três amigos mais íntimos eu telefono. Para ou outros deixo mensagem no Face, no blogue, ou nos seus espaços virtuais. Postais? Não tenho por hábito enviar.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. Loool tens muita razão mas....
    Mas olha ... que deve saber bem receber algo escrito por alguém..

    Se alguém se lembrar de mim, estou de partida para Alemanha dia 22 e regresso dia 31... eehehhehhe

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sortuda! :D
      Adoraria passar a quadra fora daqui. Ou no calor ou no frio, mas fora.
      É uma vontade de anos, mas dificilmente se concretizará.
      Se sair o euromilhões, o primeiro prémio claro, transfiro a famelga toda para as bahamas, ahaha!
      Ou é melhor não, não vá ser outro natal tsunamico (humor negro).

      Eliminar
  4. O facebook é uma grande fábrica de encher chouriços =P

    ResponderEliminar
  5. Admito que SMS envio, mas também envio postais e dou postais :) adoro receber postais!

    ResponderEliminar
  6. sou como tu, nada como os postalitos... =D

    ResponderEliminar
  7. Porquê pedir desculpa?
    Estás coberta de razão!
    beijo

    ResponderEliminar
  8. Também penso que que o postal deverá ser um meio excelente e bem pessoal...para comunicar com quem se gosta!
    Bj amigo

    ResponderEliminar
  9. Concordo com a tua atitude. Estes votos e desejos de __________________(inserir festividade) modernos são muito impessoais. Afastam as pessoas, até, quando o objectivo deveria ser o oposto.

    ResponderEliminar
  10. Este ano também vou enviar postais, pela primeira vez. É uma sensação muito boa escolhe-los a pensar nas pessoas, escrever, comprar selos (!) e fazer chegar esse carinho a alguém. Parece tão mais íntimo e sentido que as mensagens de Facebook.

    Perdida em Combate

    ResponderEliminar
  11. Provavelmente não dou a tantas pessoas quanto devia. Algumas prefiro ver pessoalmente e outras mando o tal SMS...

    ResponderEliminar
  12. Isso é muito bonitos, os meus parabéns! Há muitos, muitos anos que não recebo um postal. Acho uma excelente iniciativa.

    ResponderEliminar
  13. Eu gostava imenso de receber postais (e de enviar). Depois fomos perdendo o hábito. Actualmente telefono para a família e amigos mais próximos. O resto é por sms.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  14. Há gostos para tudo. Tem-se de se adaptar aos tempos modernos. Mas que sabe bem um postalzinho, sabe :D Dá outro calor, receber "Boas Festas" pelo correio.
    Mas depois ficas com os cartões, guardas e eventualmente, terás de os deitar fora.
    Eu como recebi muitos poucos a nenhuns durante a vida, guardei todos, aahaha. Não sei onde mas, volta e meia, lá está o cartão postal dos avós, junto com uma nota de 500 escudos! :D :D

    ResponderEliminar
  15. Ah, no geral, não dou as boas festas a ninguém.
    Porque não tenho muitas pessoas para dar e as mais chegadas vou ver no Natal.
    Não criei o hábito porque não cheguei a ter necessidade.

    Costumo é dar lembranças a torto e a direito, mesmo a colegas que tenha acabado de conhecer, gosto de levar um bolo-rei para o escritório, convívio, classe etc... Gosto de viver genuinamente o momento.

    Pelo face não costumo felicitar ninguém, nem mesmo para dar os parabéns. Nem pelo telefone, e muito menos por SMS. Existiram excepções, claro, mas é muito raro. Eu prefiro acreditar que a pessoa sabe que eu estou a lembrar-me dela e vice-versa. Bem sei que pode parecer estranho, mas as felicitações estão todas tão artificiais, são quase 'obrigatórias' para as pessoas não levarem a mal... Não sou muito disso.
    Sou estranha, ahaha.

    ResponderEliminar
  16. Não peças desculpa porque acho que fazes tu muito bem.
    Era giro essa tradição voltar a pegar.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  17. Este ano vou enviar postais a umas amigas que estão fora do país! Para o resto, é mesmo uma sms!

    ResponderEliminar
  18. Concordo tanto com isso. As SMS's são demasiado impessoais... A ideia dos postais é bem mais gira e aposto que as pessoas que os recebem dão muito mais valor a isso :)

    ResponderEliminar
  19. Concordo, pelas redes sociais fica tudo tão impessoal...

    ResponderEliminar
  20. Eu também sou assim como tu,os meus mais queridos têm sempre direito a postais de natal,é sempre uma maneira muito mais interessante de desejar boas festas!! http://cenasemaiscenas29.blogspot.pt

    ResponderEliminar